Topo

Star Wars


Natalie Portman diz que ficou deprimida com críticas a prelúdios de "Star Wars"

Natalie Portman como Padmé em "Star Wars: Episódio II - Ataque dos Clones" - Divulgação/Lucasfilm
Natalie Portman como Padmé em "Star Wars: Episódio II - Ataque dos Clones" Imagem: Divulgação/Lucasfilm

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

03/05/2019 09h04

Os anos que Natalie Portman passou atuando na trilogia de prelúdios de "Star Wars" (1999-2005) foram alguns dos mais difíceis de sua carreira. Em nova conversa com a revista "Empire", a intérprete de Padmé Amidala falou sobre sua experiência com a saga.

"A Ameaça Fantasma" (1999), "O Ataque dos Clones" (2002) e "A Vingança dos Sith" (2005), os filmes de que Portman participou, não foram exatamente recebidos de forma calorosa pelos fãs e pela crítica. Para muitos, eles representam os piores momentos de "Star Wars".

"Foi difícil", admitiu Portman. "Eu fiquei deprimida, porque antes do lançamento do primeiro filme as pessoas estavam tão animadas para ter novos capítulos de 'Star Wars', e então elas se decepcionaram muito".

"Além disso, eu estava em uma idade na qual não entendia que isso era inevitável. Desde então, percebi que é impossível não desapontar quando há tanta expectativa em cima de um filme", lembrou ainda a atriz, que tinha 18 anos quando começou a interpretar Padmé.

Portman, no entanto, disse que alguns fãs já falaram com ela sobre seu sentimento de que os prelúdios de "Star Wars" são injustiçados. "Com a perspectiva do tempo que se passou desde então, os filmes foram reavaliados por muita gente, e algumas pessoas realmente os adoram agora", comentou.

"Há um grupo ávido de pessoas que até diriam que eles são a melhor parte da franquia! Eu não tenho perspectiva o bastante para dizer se acho o mesmo", completou.

Star Wars