PUBLICIDADE
Topo

Sofrência pop, roupa de astronauta e música nova: Como foi Duda Beat no Lolla

Iwi Onodera/UOL
Imagem: Iwi Onodera/UOL

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

06/04/2019 13h38

A pernambucana Duda Beat começou sua apresentação no segundo dia do Lollapalooza com uma declaração de amor. "Eu amo, tu amas. Nós amamos", disse a artista ao entrar no palco hoje, no autódromo de Interlagos, em São Paulo. A frase segue a linha de suas músicas, que falam principalmente sobre separações e desilusões amorosas.

A música de Duda tem forte pegada de techno brega e muita sofrência, numa mistura de indie com eletrônica. Ignorando o calor, ela subiu ao palco vestida com um macacão prata de mangas e calças compridas. Mas nada disso impediu a cantora de dançar e fazer várias performances no palco. "Tô feliz demais que consegui estrear minha roupa de astronauta", brincou.

"Duda, Duda, Duda"

Na plateia, era possível ver diversas bandeiras de Pernambuco, estado natal da artista. Do palco, a homenagem não passou despercebida e foi retribuída com acenos e beijos.

No repertório, ela cantou alguns de seus hits como "Bédi Beat", "Bolo de rolo", "Chapafinha na Praia" e "Derretendo". Boa parte da plateia cantou praticamente todas as músicas junto com ela.

"Estou muito nervosa. Vocês não acreditam a emoção que é está aqui. Mas não vou ficar falando porque eu tenho pouco tempo e quero cantar tudo", disse. O público respondeu com gritos de "Duda, Duda, Duda".

O show foi acompanhado de cinco bailarinos, trio de metais, teclado e percussão que deram o tom de technobrega das músicas.

Público maior e muito calor

O calor continuou forte em Interlagos. Mesmo com previsão de chuva, o sol não deu trégua e seguiu inclemente às 12h30, quando ela subiu no palco.

Ao contrário de ontem, o show de Duda Beat estava visivelmente mais cheio do que o da banda Molho Negro que fez show no local no mesmo horário.

"Chega"

Duda Beat aproveitou o Lollapalooza para lançar uma nova música batizada de "Chega". "Vamos rebolar a bunda agora? Chegou o momento de lançar a nova e esperada música", disse a cantora antes se ensinar o refrão ao público. Para acompanhá-la, ela convidou os cantores Mateus Carrilho e Jaloo. "No final do mês essa música estará nas redes sociais", revelou.

Gritos de fora Bolsonaro

Duda finalizou a sua apresentação com seu principal hit, "Bixinho" e ao final, depois de deixar o palco, ela exibiu no telão as frases "Liberdade para Renan da Penha", "1964 foi Golpe Sim" e "Fora Bolsonaro", acompanhado de gritos "ei Bolsonaro vai tomar no ..".

Público faz protesto contra Bolsonaro em show de Duda Beat

UOL Entretenimento