PUBLICIDADE
Topo

"Game of Thrones": Harington passou por "período sombrio" após morte de Jon Snow

Cena da morte de Jon Snow em "Game of Thrones" - Divulgação
Cena da morte de Jon Snow em "Game of Thrones" Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

19/03/2019 10h55

"Game of Thrones" deixou o mundo todo em suspense com a morte (e a subsequente ressurreição) de Jon Snow, entre a quinta e a sexta temporadas da série. Mas se engana quem pensa que aquele foi um período tranquilo para o intérprete do personagem, o ator Kit Harington.

Em entrevista à revista "Variety", o ator contou que foi difícil lidar com todas as atenções voltadas para ele. "Meu período mais sombrio foi quando a série pareceu se tornar muito centrada em Jon, quando ele morreu e voltou", disse Harington. "Eu realmente não gostei de ter o foco da série inteira voltado a Jon, apesar de isso invalidar meu problema de me achar o elo mais fraco [da atração], já que tudo era sobre Jon".

Mesmo fazendo parte da série desde seu início, Harington considerou a experiência intimidadora. "Quando você se torna o gancho de uma série de TV, uma série provavelmente no ápice de seu poder, o foco em você é assustador para c******. Você tem pessoas gritando para você no meio da rua, perguntando se você está morto... ao mesmo tempo, você tem que ter essa aparência [do personagem].Todas as suas neuroses - e eu sou neurótico como qualquer ator - são ampliadas com esse nível de escrutínio".

O ator afirmou que, por muito tempo, teve problemas com seu próprio desempenho na série: "Olhando tudo, há 70% das cenas com as quais eu nunca ficarei feliz. Eu fiz as pazes com isso". A oitava e última temporada, porém, representou uma mudança. "Eu sei quem é ele agora, e estou em paz com isso. Eu tenho a sensação de que esse é o mais satisfeito que ficarei com meu trabalho como Jon Snow".

"Agora eu olho para trás e vejo que, bem, eu era uma parte fundamental de tudo. Jon era, eu sou, e tenho orgulho disso. Demorou muito para eu não pensar 'sou a pior coisa disso'", acrescentou.

Última temporada

Isso não quer dizer, no entanto, que filmar a última temporada de "Game of Thrones" tenha sido uma experiência calma para o ator. "Eu estive lá o tempo todo este ano. Sentia que as pessoas iam e vinham, e Jon Snow estava lá a p**** do tempo todo".

As filmagens, árduas, afetaram até a forma como ele se relacionava com seus colegas de elenco. "Temos essas piadas internas, esses relacionamentos que floresceram em oito anos. É um longo tempo para se fazer essas piadas, mas ela nunca cansaram. Na última temporada, porém, elas começaram a cansar, e acho que isso aconteceu porque podíamos ver o fim chegando. É uma forma de você se afastar emocionalmente de algo: os relacionamentos começaram a azedar um pouco, nas beiradas. Agora todo mundo se ama de novo".

Questionado sobre o final de Jon Snow, Harington contou que sentiu "uma grande onda de emoção" ao gravar sua última cena. "Eu tirei o figurino, e parecia que a minha pele estava sendo arrancada. Eu estava muito emocionado. Parecia que alguém estava me despindo de algo".

O ator ainda admitiu que chorou ao ler o desfecho de seu personagem. "Eu fiquei satisfeito com a forma como a história dele terminou".

A oitava e última temporada de "Game of Thrones" estreia no dia 14 de abril.