PUBLICIDADE
Topo

Estalar de dedos de Thanos quase não aconteceu em "Vingadores: Guerra Infinita"

Thanos (Josh Brolin) em cena de "Vingadores: Guerra Infinita" - Reprodução
Thanos (Josh Brolin) em cena de "Vingadores: Guerra Infinita" Imagem: Reprodução

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

18/03/2019 16h22

ATENÇÃO: Spoilers de "Vingadores: Guerra Infinita" a seguir. Não leia se não quiser saber o que acontece.

Os momentos finais de "Vingadores: Guerra Infinita" entraram imediatamente para o rol de cenas mais icônicas do cinema de super-heróis. Quando o vilão Thanos (Josh Brolin) conseguiu reunir as seis Joias do Infinito e estalou os seus dedos, metade dos seres vivos de todo o universo viraram pó.

Entre as vítimas do infame "estalar de dedos", heróis como o Pantera Negra (Chadwick Boseman), o Homem-Aranha (Tom Holland) e o Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch) -- mas este momento emocionante quase não aconteceu no filme.

Veja o trailer de "Vingadores: Ultimato"

UOL Entretenimento

Quem revelou foi Stephen McFreely, que escreveu o roteiro do filme e de sua continuação, "Vingadores: Ultimato", que chega no dia 25 de abril aos cinemas. Segundo uma nova entrevista da revista "Empire" com o escritor, o estalar de dedos de Thanos quase ficou para o segundo filme.

"Nós tínhamos muita história para contar [em 'Guerra Infinita']. Logo, no começo do processo, o estalar de dedos era o fim do primeiro ato de 'Ultimato'", comentou.

Quem fez os roteiristas mudarem de ideia foi Kevin Feige, chefe da Marvel Studios. Para ele, o estalar de dedos de Thanos era "o momento pelo qual ele estava esperando desde o começo da franquia Marvel nos cinemas", e portanto deveria marcar o final do filme.