PUBLICIDADE
Topo

Baterista Andy Anderson, ex-The Cure e Iggy Pop, revela ter câncer terminal

The Cure com o baterista Andy Anderson o segundo da direita para a esquerda - Reprodução
The Cure com o baterista Andy Anderson o segundo da direita para a esquerda Imagem: Reprodução

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

21/02/2019 11h24

O baterista Andy Anderson, que teve passagens tocando ao lado de grupos importantes como The Cure e a banda de Iggy Pop, revelou sofrer de um câncer em fase terminal.

Em um post em seu Facebook, ele se abriu em relação à doença e afirmou que está em paz com o que está acontecendo em sua vida.

"Olá pessoal, estou com câncer terminal em estágio 4, e não há como reverter isso. Ele está tomando toda a parte interna do meu corpo e estou totalmente bem e consciente da minha situação", afirmou ele, em um post no fim de semana. Anderson já vinha dando atualizações quanto à doença, mas esta foi a mais drástica. Ele não revelou como a doença começou.

"Eu optei por não ser reanimado, não quero viver como um vegetal. Não gostaria de deixar este fardo para ninguém. Quimioterapia e radioterapia foram debatidas para os próximos dias, então espero voltar para cá em alguns dias para novidades. Por favor, só positividade, para mim isso é apenas mais uma experiência de vida", postou Anderson.

Britânico de 68 anos, Andy Anderson tocou com Steve Hillage por dois álbuns e esteve no Nik Turner's Inner City Unit. Em 1983, entrou no The Cure quando Lol Tolhurst trocou as baquetas pelo teclado, tendo crédito em discos como "Japanese Whispers" (1983), "The Top" (1984) e "Concert" (1984). Ele deixou a banda ainda no meio dos anos 1980r.

Anderson também tocou com diversos nomes importantes da cena do rock, do punk e do gótico, como Iggy Pop, The Glove, Glen Matlock (Sex Pistols) e Jimmy Sommervile, entre outros.