Topo

"A bunda treme automaticamente", diz Ludmilla sobre parceria com Anitta em DVD

Marcello Sá Barreto/Brazil News
A cantora Ludmilla em coletiva para divulgar o DVD "Hello Mundo" Imagem: Marcello Sá Barreto/Brazil News

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

08/02/2019 18h17

A menos de uma semana da gravação de "Hello Mundo", Ludmilla deu uma prévia nesta sexta-feira (8), em um evento para jornalistas em São Paulo, do que os fãs poderão esperar do primeiro DVD de sua carreira. Com cinco convidados, o show terá 24 faixas, nove delas inéditas. A apresentação acontece na próxima quinta-feira (14), na Jeunesse Arena, no Rio, e dois dias antes do CarnaUOL, que também terá Ludmilla como uma das atrações.

Entre as parcerias, haverá a aguardada "Favela", com Anitta. Segundo Ludmilla, a música é dançante e recontará a trajetória das duas. "Todo mundo que ouvir não vai conseguir ficar parado. A bunda treme automaticamente", promete a funkeira, que adiantou um trecho da letra: "Quando toca essa aqui ninguém fica parado. Desceu da favela pro asfalto".

Ludmilla ainda receberá Simone e Simaria, Ferrugem, Leo Santana e Jão. Todos os convidados cantarão músicas inéditas, incluindo as sertanejas, que recentemente lançaram o hit "Qualidade de Vida" com a cantora. A música com a dupla, aliás, é a única que foi composta por elas e não por Ludmilla e sua equipe.

"A gente pensa na participação e no que é a cara de cada um deles. Aí vamos construindo a música assim, em cima de cada convidado. As outras inéditas são músicas que estavam guardadas minhas e outras que recebi de compositores", explica Ludmilla, que por um problema de agenda terá de deixar de fora seu último single, "Clichê", balada em parceria com Felipe Araújo. "Ele vai fazer falta no DVD."

O DVD "Hello Mundo" chega cinco anos após o início da revolução na carreira de Ludmilla, quando a artista assinou contrato com a Warner Music e estourou nacionalmente com a música "Hoje". A proposta é revisar a carreira da cantora que começou cantando samba em Duque de Caxias, no Rio.

O show terá uma estrutura de três palcos interativos: um central, com cenário mais glamouroso, e dois laterais, mais tecnológicos. Um deles terá um enorme painel de LED e o outro, elementos urbanos como escadas e andaimes.

Segundo os diretores do DVD, Júlio Loureiro e Fábio Lopes, o palco de 43 metros é o maior já montado na Jeunesse Arena. Com uma estrutura adaptada, Ludmilla promete ainda rodar o país com a turnê de "Hello Mundo" após o Carnaval.

A preparação de Ludmilla para o DVD foi intensa, com oito horas diárias de ensaios, cuidados com a alimentação e até cantoria em cima da esteira e pulando jump, tudo para garantir vocais perfeitos na hora da performance ao vivo. "Eu queria ter feito tudo com muito mais tempo, porque é assim que se faz um DVD tão grande como esse. Foi 1 mês com a equipe e 15 dias seguidos comigo", explica.

Carreira internacional

Divulgação
Ludmilla prepara single internacional com o produtor Cabrera (à esquerda) e o diretor artístico da Warner Music, Wagner Vianna (ao meio) Imagem: Divulgação

Pela primeira vez Ludmilla vai se arriscar a cantar em inglês. A cantora está se preparando com aulas do idioma para a performance, guardada a sete chaves. Ela diz que ainda não se arriscou lá fora justamente por não ter fluência.

"É um 'oi' meu para o mundo, também quero que o mundo inteiro conheça o funk. A gente fez um conteúdo sem fronteiras, por isso 'Hello Mundo'. Não só visando o Brasil, não só visando lá fora. É para o mundo todo mesmo", explica sobre o título sugestivo do DVD.

Os primeiros passos na carreira internacional devem começar mesmo somente no segundo semestre, com o lançamento de "Rainha da Favela", que não entra no DVD. A música terá uma versão inteiramente em português, e outra cantada em português e espanhol. "É um single mais lá pro meio do ano, talvez pro final", adianta Ludmilla.

Beyoncé presente

Manuela Scarpa/Brazil News
Ludmilla se apresenta em festival em São Paulo Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Ludmilla, que se apresentava como MC Beyoncé até meados de 2013, ainda se lembra com carinho de como um dos DVDs da diva americana a inspirou a seguir a carreira na música. Era "The Beyoncé Experience: Live", de 2007. 

"Estava passando em uma feira em Caxias aí vi aquela mulher quebrando tudo. Ela cantava e dançava ao mesmo tempo, com aquelas roupas, aquela beleza. Pensei na hora: 'quero ser isso'. Aí fiquei ali impactada. Minha mãe fazendo compra e eu abismada no DVD da Beyoncé. Marcou a minha vida eu ficava repetindo as notas, voltando o DVD até conseguir fazer igual. Foi um marco."

Mais Funk