PUBLICIDADE
Topo

Gwyneth Paltrow é processada por "atropelar" homem com esqui

Gwyneth Paltrow como Pepper Pots no Universo Marvel - Reprodução
Gwyneth Paltrow como Pepper Pots no Universo Marvel Imagem: Reprodução

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

30/01/2019 09h50

Gwyneth Paltrow está com problemas legais. A atriz de "Shakespeare Apaixonado" e "Homem de Ferro" foi processada por um homem chamado Terry Sanderson, que alega ter sido "atropelado" por Paltrow em um resort de esqui em 2016.

Embora acidentes sejam comuns no esporte, Sanderson entrou com o processo porque Paltrow supostamente não prestou socorro a ele. Os dois colidiram durante uma sessão de treinamento para iniciantes em 26 de fevereiro de 2016, no resort Deer Valley, em Park City, nos EUA.

Sanderson teria fraturado quatro costelas e sofrido uma lesão cerebral. Paltrow, que saiu bem menos machucada do incidente, simplesmente "se levantou, olhou para Sanderson e esquiou para longe", segundo o processo.

Os advogados do homem ainda acusam o instrutor de esqui do resort de tentar proteger a sua cliente mais famosa. Segundo o processo, o professor se recusou a escrever o relatório culpando Paltrow pelo acidente, e intimidou Sanderson a tomar responsabilidade pelo acontecido.

O processo ainda inclui a declaração de uma testemunha que diz ter visto Paltrow "atingir Sanderson por trás e seguir esquiando". Supostamente, a atriz estava indo mais rápido do que as recomendações dos professores.

A atriz, por sua vez, disse que o processo é "totalmente sem mérito". "Qualquer um que ler os fatos do acontecido vai perceber que é uma acusação falsa", disse Patrow através de sua empresa, a "Goop", segundo reportagem da "CBS".