Topo

Cantor Welington Camargo, irmão de Zezé e Luciano, é preso em Goiânia

O cantor Wellington Camargo, irmão de Zezé di Camargo & Luciano - AgNews
O cantor Wellington Camargo, irmão de Zezé di Camargo & Luciano Imagem: AgNews

Maurício Dehò

Em São Paulo

30/01/2019 10h18

O cantor Welington Camargo, conhecido também por ser irmão da dupla Zezé di Camargo & Luciano e por ter sido alvo de um sequestro em 1998, foi preso em Goiânia, por falta de pagamento de pensão alimentícia, em Goiânia.

A assessoria da Polícia Civil de Goiás confirmou que executou a detenção de Welington. "A Polícia Civil informa, acerca da prisão de Welington José de Camargo, 47 anos, o seguinte: a prisão foi realizada pela Polícia Militar na noite de terça-feira (29), no Setor Jardim América. Após passar pela Central de Flagrantes, ele foi encaminhado para unidade prisional de Senador Canedo."

O mandado é oriundo da vara de família, complementou a Polícia Civil, que apenas executou a prisão e não tinha informações sobre para quem a pensão era devida e a quanto tempo. Casos como esse tramitam em sigilo, sendo que esse, especificamente, passa pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO).

Welington tem quatro filhos, sendo o mais novo de quatro anos, fruto de seu relacionamento com Yara Costa. Em 2017, ele foi criticado por assumir um relacionamento com uma mulher de 20 anos.

Segundo o UOL apurou, o caso se refere a uma execução relacionada ao não pagamento de pensão de uma das filhas de Welington, Ágata, de 17 anos. Além disso, Yara Costa também o cobra na Justiça por dívidas que giram em torno de R$ 30 mil, relacionadas a pensão e valores acordados entre eles que não foram pagos pelo cantor.

Welington Camargo hoje é compositor sertanejo e cantor com enfoque na música gospel. Ele já lançou cinco trabalhos e, de acordo com seu Instagram, vendeu 3 milhões de discos. 

Welington sofreu de poliomielite quando era criança e é cadeirante. Em 1998, seu sequestro ganhou projeção nacional, pelas proporções dramáticas que o incidente criou. Ele chegou a ter parte da orelha cortada pelos sequestradores e ficou cerca de três meses em cativeiro.

Ele também foi deputado estadual por Goiás, entre 2002 e 2006.

Te agradeço #jesus

Uma publicação compartilhada por Welington Camargo (@welingtoncamargo.gospel) em

No fim de 2008, um dos sequestradores de Welington fugiu da prisão. Ozélio de Oliveira, o Sumô, estava na lista dos 29 fugitivos da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP I). A operação de fuga aconteceu por volta das 3h30, quando um grupo de bandidos fortemente armados explodiu um dos muros da prisão e trocou tiros com policiais.

Welington Carmargo posa para fotos na janela do hospital após sequestro - Weimer de Carvalho/O Popular
Welington Carmargo posa para fotos na janela do hospital após sequestro
Imagem: Weimer de Carvalho/O Popular

Mais Sertanejo