PUBLICIDADE
Topo

Reality "Ordem na Casa com Marie Kondo" quase virou série ou filme ficcional

A guru japonesa da organização Marie Kondo em cena da série "Oredm na Casa com Marie Kondo" - Denise Crew/Netflix
A guru japonesa da organização Marie Kondo em cena da série "Oredm na Casa com Marie Kondo" Imagem: Denise Crew/Netflix

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

17/01/2019 13h14

Desde a sua estreia, em 1º de janeiro, o reality show "Ordem na Casa com Marie Kondo" tem conquistado o coração dos assinantes da Netflix ao mostrar como a especialista em organização transforma a vida de várias famílias com suas dicas e métodos inovadores.

Segundo a produtora Gail Berman, no entanto, o projeto quase seguiu um rumo bem diferente. Em entrevista ao "The Hollywood Reporter", ela confessou que, quando comprou os direitos do livro de Kondo, a ideia era fazer uma série ou filme ficcional.

Berman se refere ao volume "A Arte de Arrumação", um dos vários livros que Kondo escreveu sobre seu método de organização que busca identificar quais itens guardados em casa "trazem alegria" ou não para as pessoas vivendo nela.

"Em torno de três anos atrás, compramos os direitos do livro de Marie, e trabalhamos com ela no desenvolvimento da adaptação", relatou a produtora. "A ideia original era fazer uma série ficcional, e então recebemos uma proposta para fazer em formato de filme".

Berman contou, no entanto, que o reality show foi "a forma ideal para terminar essa jornada". "Tivemos muitos altos e baixos, mas sempre acreditamos no poder de Marie e de sua mensagem", comentou.

A produtora desconversou sobre uma possível segunda temporada do reality. "Não ouvimos nada da Netflix ainda, mas ficamos muito felizes com a resposta que tivemos do público", se limitou a dizer.