PUBLICIDADE
Topo

"Bird Box": Netflix não vai retirar cena real de acidente que matou 47 pessoas

Sandra Bullock em cena de "Bird Box", filme de terror da Netflix - Divulgação
Sandra Bullock em cena de "Bird Box", filme de terror da Netflix Imagem: Divulgação

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

17/01/2019 19h04

A Netflix não vai retirar do filme "Bird Box" a cena real de um acidente de trem que matou mais de 40 pessoas, informou um porta-voz para a AP. Porém, a empresa admite que vai ser mais cuidadosa daqui para a frente. Até o momento, o longa com Sandra Bullock já foi assistido por 80 milhões de contas na plataforma.

Segundo o Deadline, o desastre em questão é o descarrilamento de um trem que transportava petróleo pela cidade de Lac-Mégantic, no Canadá. Ocorrida em 2013, a tragédia matou 47 pessoas.

No longa estrelado por Sandra Bullock, as imagens do descarrilamento aparecem quando alguns personagens estão assistindo à televisão, vendo notícias sobre a invasão das criaturas que levam os humanos ao suicídio quando fazem contato visual com elas.

A prefeita de Lac-Mégantic, Julie Moran, prometeu tomar providências caso a cena não seja alterada pela Netflix, citando que o uso de imagens do desastre é um desrespeito às vidas perdidas nele.

O mais curioso é que outra produção da Netflix, a série "Travelers", também usou cenas da tragédia de 2013 em um episódio recente. A equipe da série, que é coproduzida no Canadá, se desculpou rapidamente e alterou a cena.