Topo

Filmes e séries


Lindsay Lohan diz que amava sair em tabloides, mas escândalos estão no passado

Lindsay Lohan - Getty Images
Lindsay Lohan Imagem: Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

08/01/2019 13h52

Lindsay Lohan não quer mais sair em tabloides e provocar escândalos -- mas confessa que, por um tempo, amou a atenção que recebia dos paparazzi. Falando à "Variety", a estrela adiantou os próximos passos de sua carreira na frente e atrás das câmeras.

"Na primeira vez que eu saí nos tabloides, achei o máximo. Eu disse: 'Meu Deus, eu me sinto como Britney Spears'. Ela estava nos tabloides, eu também, e aquilo era incrível", comentou. "Mal sabia eu a quantidade de problemas que isso iria causar".

A estrela de "Meninas Malvadas" foi presa em 2007, por dirigir embriagada e posse de cocaína. Cinco outras prisões se seguiram, além de várias passagens por clínicas de reabilitação, audiências judiciais, prisão domiciliar, e até um escândalo em que foi pega roubando um colar.

O último filme de Lohan a chegar nos cinemas foi "Vale do Pecado", em 2013, e nos últimos anos até diretores independentes se recusaram a trabalhar com ela após ouvir histórias sobre seus épicos atrasos e comportamentos erráticos no set.

Longe dos holofotes há algum tempo, a atriz, agora com 32 anos, quer se reinventar como a estrela do reality show "Lindsay Lohan's Beach Club", que estreia nesta terça-feira (8) na MTV americana e mostra como ela passa seus dias em Mykonos, na Grécia, onde administra várias boates.

"Eu acho que existem concepções erradas que algumas pessoas tem de mim", comentou Lohan à "Variety". "Eu espero que essa série sirva para esclarecer algumas delas".

"Eu sei que cometi erros, mas a maioria deles ocorreu mais de dez anos atrás. Eu não quero parecer uma mártir e falar disso o tempo todo. Foi uma época horrível para mim. Mas eu passei por ela, e sou mais forte hoje em dia", continuou.

"As coisas eram diferentes [de hoje em dia] quando eu me tornei famosa", disse ainda. "Havia menos proteção. As pessoas te conhecem desde tão jovem, e estão te perseguindo pelas ruas, e quando você tem dois meses de folga quer ir a uma festa, mas isso é 'ruim'".

Lohan ainda comentou que quer continuar investindo na atuação. A atriz apareceu recentemente em sete episódios da série britânica "Dá Licença, Saúde", ao lado de Rupert Grint (o Rony de "Harry Potter"), e fundou uma companhia de produção chamada Seven Wonders.

"Eu estou trabalhando em um filme chamado 'Frame', que se passa na Arábia Saudita. É sobre essa jovem fotógrafa que recomeça sua vida do zero em um novo país", revelou a estrela. "Também compramos os direitos de um livro chamado 'The Honeymoon', que queremos adaptar em um filme ou série de TV".

Lohan também não esconde suas ambições para o futuro. "Eu quero trabalhar com [Martin] Scorsese e [Steven] Spielberg. Meus objetivos são ilimitados, há sempre algo novo que eu quero fazer", cravou.