Topo

Pedro Bento, da dupla com Zé Estrada, morre aos 84 anos

O cantor Pedro Bento, nome artístico de Joel Antunes Leme - Divulgação
O cantor Pedro Bento, nome artístico de Joel Antunes Leme Imagem: Divulgação

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

04/01/2019 13h50

Ícone da música sertaneja, o cantor Pedro Bento, da dupla com Zé Estrada (1929-2017), morreu na tarde desta quinta (3), em São Caetano do Sul (SP), aos 84 anos. A informação foi confirmada na página oficial da dupla.

O artista tinha problemas no pulmão e estava internado há quase dois meses com um grave quadro de pneumonia. A cerimônia de cremação aconteceu às 13h desta sexta, também em São Caetano do Sul.

"É com profundo pesar que comunicamos a triste notícia da morte do nosso grande artista Pedro Bento. Nossos sentimentos a todos os familiares, amigos e a todos os fãs", escreveram os representantes do artista.

Natural de Porto Feliz (SP), Bento, cujo nome real era Joel Antunes Leme, firmou parceria com Estrada em 1954, fazendo sucesso ao incorporar às modas de viola elementos das rancheiras da América Central, com claras influências mexicanas.

A dupla Pedro Bento e Zé Estrada, que ficou famosa por incorporar elementos mexicanos à música sertaneja - Reprodução
A dupla Pedro Bento e Zé Estrada, que ficou famosa por incorporar elementos mexicanos à música sertaneja
Imagem: Reprodução

No interior paulista, Pedro Bento & Zé da Estrada ficaram conhecidos não só pelas músicas, mas também pela indumentária, que reproduzia a dos músicos mariachi, com direito a chapéu sobreiro e uso de instrumentos típicos das festas do país.

Entre os sucessos da dupla, muito celebrada por músicos pelo sertanejo raiz e uma das mais longevas do estilo, estão rancheiras e guarânias como "Dama de Vermelho", "Seresteiro da Lua", "Mágoa de Boladeiro" e "Luar do Sertão".

Pedro Bento é o autor da versão em português da clássica "Galopeira", do paraguaio Junto de Mauricio Cardoso Ocampo, primeiro sucesso da dupla Chitãozinho & Xororó, de 1970.

Sertanejos da nova e antiga gerações, como Bruna Viola e Gilberto & Gilmar e como Chitãozinho & Xororó, lamentaram a morte de Pedro Bento e usaram as redes sociais para homenagear o músico, uma de suas grandes influências.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Sertanejo