PUBLICIDADE
Topo

Filmes e séries


Will Smith surge como o Gênio da Lâmpada em primeiras imagens de "Aladdin"

Mena Massound como Aladdin e Will Smith como o Gênio - Divulgação/EW
Mena Massound como Aladdin e Will Smith como o Gênio Imagem: Divulgação/EW

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

19/12/2018 10h53

A revista "Entertainment Weekly" revelou, nesta quarta-feira (19), as primeiras imagens do live-action de "Aladdin", da Disney. O destaque é a revelação do visual de Will Smith na pele do Gênio da Lâmpada, papel eternizado com a voz de Robin Williams no desenho animado.

Além de Smith, são revelados os visuais de Mena Massoud como Aladdin e Naomi Scott com Jasmine, os protagonistas da romântica história sobre um ladrão de rua e uma princesa que se apaixonam com a ajuda dos três desejos concedidos pelo Gênio. "Aladdin" chega aos cinemas em 23 de maio de 2019.

Capa da "Entertainment Weekly" destaca "Aladdin" - Reprodução/EW
Capa da "Entertainment Weekly" destaca "Aladdin"
Imagem: Reprodução/EW

Para o diretor Guy Ritchie ("Sherlock Holmes"), encontrar o ator certo para viver o Gênio foi a tarefa mais difícil, graças ao status icônico da versão de Williams no "Aladdin" de 1992.

"A coisa mais incrível sobre o papel do Gênio é que ele é uma plataforma para o ator criar uma versão exagerada de si mesmo. É um ótimo papel para um ator com uma grande personalidade", comenta o cineasta.

O próprio Smith admite que ficou intimidado com a perspectiva de viver o papel. "Aos poucos, eu precisei ganhar confiança de que poderia fazer algo que fosse uma homenagem a Robin e, ao mesmo tempo, musicalmente diferente. Eu queria dar um sabor diferente ao personagem, assim não seria uma competição", conta.

"Eu acho que meu Gênio vai ser bem único no universo Disney. Não acho que houve muito hip hop nos filmes da Disney até agora", brinca ainda.

Naomi Scott e Mena Massoud vivem Jasmine e Aladdin - Reprodução/EW
Naomi Scott e Mena Massoud vivem Jasmine e Aladdin
Imagem: Reprodução/EW

A pressão não acabou após a escalaração de Smith, uma vez que Ritchie ainda tinha que encontrar os seus dois protagonistas. A resposta para o papel de Aladdin veio com o ator canadense Mena Massoud, que o cineasta define como "um cara muito engraçado".

Massoud passou meses na Inglaterra treinando com um professor de canto e dança. "Eu realmente precisei aprender do zero. Eu sou só um ator", brinca.

Enquanto isso, Scott foi escalada por sua forte conexão com a personagem de Jasmine desde a infância. "Quando eu assistia 'Aladdin', ter uma princesa da Disney que se parecia tanto comigo era muito poderoso", comenta.

"O objetivo de Jasmine é fazer o melhor para o seu povo. Ela tem um arco incrível durante a história do nosso filme, e se mostra uma verdadeira líder no final", diz ainda.

Entre as mudanças da animação para o filme, o novo "Aladdin" inclui uma canção solo para Jasmine. Alan Menken, que criou os temas musicais do clássico, trabalhou com Benj Pasek e Justin Paul ("La La Land: Cantando Estações") na nova faixa e em algumas outras composições inéditas.

Endereçar os estereótipos associados com o Oriente Médio que foram perpetuados no filme de 1992 também era uma prioridade para o diretor. "Desta vez, criamos um mundo mais aberto, em que abraçamos várias identidades", garante.

Outras duas novas imagens do filme revelam os visuais do vilão Jafar (Marwan Kenzari) e do macaco Abu, fiel companheiro de Aladdin. Confira:

Divulgação/EW
Imagem: Divulgação/EW

Divulgação/EW
Imagem: Divulgação/EW

Filmes e séries