Topo

Geek

Por que as séries da Marvel na Netflix podem não ser exibidas no Disney+

David Lee/Netflix
Charlie Cox é o Demolidor na terceira temporada da série da Marvel na Netflix Imagem: David Lee/Netflix

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

02/12/2018 04h00

Depois do cancelamento de "Punho de Ferro" e "Luke Cage", a Netflix anunciou nesta sexta-feira (30) também o cancelamento de "Demolidor", deixando os fãs atônitos e abrindo espaço para especulações sobre o futuro dos personagens da Marvel nas séries de TV.

Uma delas é a de que a Disney, dona da Marvel, levaria os seus personagens para o seu próprio serviço de streaming, o Disney+, que será lançado em 2019. Porém as chances da Disney reviver as séries "Demolidor", "Luke Cage" e "Punho de Ferro" nesta plataforma são mínimas.

O motivo? O serviço de streaming Disney+ vai nascer com a proposta de ser para toda a família, ou seja, com classificação indicativa livre. As séries dos heróis da Marvel na Netflix, por outro lado, contém cenas de violência e linguagem imprópria e não se enquadrariam nesta proposta.

A saída seria levar os heróis para outro serviço de streaming pertencente a Disney, o Hulu, do qual ela possui 30% e adicionará outros 30% quando for aprovada a aquisição da 21st Century Fox. Mas nada disso está garantido.

Os personagens de Punho de Ferro, Luke Cage, Jessica Jones, Demolidor e o Justiceiro são outsiders no universo Marvel e, a princípio, não se encaixariam nos planos mais ambiciosos da Disney, que envolvem séries sobre o Loki e a Feiticeira Escarlate com os mesmos atores do cinema.

As séries de Loki e da Feitceira Escarlate seriam produzidas pela Marvel Studios, a mesma empresa que faz os filmes, enquanto as séries de TV da Netflix foram produzidas pela Marvel TV. De acordo com uma reportagem do site "CBR", os executivos da Marvel Studios e Marvel TV não se dão bem e poderiam simplesmente abandonar os projetos.

As próximas temporadas de "Jessica Jones" e "O Justiceiro", por enquanto, segue confirmadas em 2019. Mas, a julgar pelo o que ocorreu com as outras séries irmãs, pode ser que também não sejam renovadas para novas temporadas.