Topo

Walking Dead


Daryl de "The Walking Dead" diz que série melhorou após a saída de Rick

Rick (Andrew Lincoln) e Daryl (Norman Reedus) em cena da nona temporada de "The Walking Dead" - Divulgação
Rick (Andrew Lincoln) e Daryl (Norman Reedus) em cena da nona temporada de "The Walking Dead" Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

29/10/2018 09h20

Norman Reedus, o Daryl de “The Walking Dead”, prometeu que a despedida de Andrew Lincoln em “The Walking Dead” deixará os fãs plenamente satisfeitos – e a série, melhor. O ator e seu personagem, Rick Grimes, deixam dão adeus no próximo domingo (4), após o episódio deste último fim de semana já ter preparado o terreno.

“Andy e Rick Grimes deram tudo o que eles tinham, e você vai sentir isso”, disse Reedus ao site Deadline. “Porque é aonde ele levou a série, todos os nossos personagens e os espectadores. Foi uma refeição completa. Acho que ninguém vai ficar com a sensação de ter perdido a sobremesa. Acho que vai ser uma refeição completa, de sete pratos, e as pessoas vão ficar satisfeitas”.

Leia também 

Ele não teme a fúria dos fãs que bradaram que iriam parar de assistir à série após a saída de Rick. “Se as pessoas estão falando ‘meu Deus, não posso assistir afora, se livraram de Rick Grimes’, então fizemos um bom trabalho”. 

Pode parecer paradoxal para muitos fãs, mas Reedus acredita que a série tem ficado ainda melhor após a saída de Lincoln. “A série está em seu melhor. Ele [Lincoln] brinca ‘estou chateado, está incrível agora’. E a verdade é que melhorou. O grupo ficou mais unido”. “The Walking Dead”, vale lembrar, agora é conduzida por uma nova showrunner, Angela Kang, que entrou no lugar de Scott M. Gimple.

“Estamos fazendo a série que queremos fazer agora e você pode sentir isso no set, você pode sentir no lugar inteiro”, afirmou. “Sinto que os roteiros e as histórias estão ainda melhores nos últimos oito episódios [da temporada], realmente sinto isso. Eles são épicos para c*, sabe, eles são destruidores e difíceis, todos eles. A série está se transformando em outra coisa, mas mantém o coração da série original. Apenas há vida nova nele”.

Rick x Daryl

O episódio do último domingo, “The Obliged”, trouxe um grande confronto entre Rick e Daryl, talvez o momento mais importante dos dois nas últimas temporadas. “Foi um grande momento para nós, de muitas formas”, afirmou Reedus. “Foi o acúmulo de todas as discussões que os personagens têm tido desde a última temporada. Daryl finalmente expôs seu ponto e foi ouvido, e eles foram de brigar e se odiar até o ‘me dê sua mão, irmão’. Aquele aperto de mãos e o puxão significaram muito para Rick e Daryl, mas muito mais para Andy e eu”.

“Foi nosso último grande momento, e Angela nos deixou moldá-lo”, continuou. “Todo dia, depois do trabalho, eu dirigia até Atlanta. Nós sentávamos no quintal do Andy, pedíamos pizza, ensaiávamos e reescrevíamos as falas de formas que elas se encaixassem. Nós realmente colocamos nossas vozes, e foi Angela quem nos permitiu isso”.

Mais Walking Dead