PUBLICIDADE
Topo

Mãe de Demi Lovato diz que ficou sabendo de overdose da filha pela internet

Demi Lovato com a mãe, Dianna - Instagram/Reprodução
Demi Lovato com a mãe, Dianna Imagem: Instagram/Reprodução

Osmar Portilho

Colaboração para o UOL

20/09/2018 16h35

Dianna de La Garza, mãe de Demi Lovato, falou pela primeira vez sobre a overdose sofrida pela cantora em julho. Em entrevista ao Newsmax TV, ela afirmou que ficou sabendo da notícia pelos sites da internet e mensagens que recebeu no celular. "Eu literalmente comecei a tremer agora ao lembrar o que aconteceu naquele dia", disse.

"Estava olhando para o meu telefone quando essas mensagens começaram a chegar. Uma atrás da outra e eu pensei: 'o que está acontecendo?'". Ela explicou que boa parte dos recados eram de conforto, como "estou orando por sua família" e "estou orando por Demi". 

LEIA MAIS:

"Não sabia o que estava acontecendo. Aí entrei no TMZ no Twitter para ver o que estavam falando. Quando comecei a ler eu recebi uma ligação da Kelsey, assistente da Demi". "Eu disse: 'Kelsey, só me fale o que está acontecendo'. E as próximas palavras que saíram da boca dela foram muito difíceis para um pai ouvir. Ela disse que a Demi tinha sofrido uma overdose", completou.

Quando chegou ao hospital, Dianna disse que saiu do carro e correu para o setor de emergência. "Ela não parecia nada bem. Ela estava em uma péssima condição. Eu disse que estava lá e que a amava".

Demi respondeu de volta dizendo que a amava também. "Daquele ponto em diante eu nunca mais me permiti pensar que as coisas não ficariam bem".

Recuperação

Sobre a condição atual de Demi, a mãe da cantora disse que ela está indo muito bem. "Ela está feliz. Saudável. Está trabalhando em sua sobriedade e recebendo toda a ajuda que precisa. Isso por si só já me encoraja sobre o futuro dela e da família", completou