PUBLICIDADE
Topo

Ariana Grande homenageia ex-namorado Mac Miller após morte

Ariana Grande homenageia o ex-namorado, Mac Miller - Reprodução/Instagram/arianagrande
Ariana Grande homenageia o ex-namorado, Mac Miller Imagem: Reprodução/Instagram/arianagrande

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

08/09/2018 19h02

Ariana Grande prestou uma homenagem ao ex-namorado, Mac Miller, que foi encontrado morto na última sexta-feira (7). O rapper de 26 anos tinha um histórico de abuso de substâncias ilícitas e teria sofrido uma overdose.

A cantora publicou neste sábado, no Instagram, uma foto do ex-companheiro, em preto e branco, sem legenda nem espaço para comentários. Em 30 minutos, a imagem recebeu mais de 1,7 milhão de curtidas.

Em maio, na época do término do relacionamento com a cantora, ele se envolveu em um acidente e foi acusado de estar dirigindo sob influência de entorpecentes. Miller fugiu do local e confessou tudo aos policiais ao ser preso em sua casa. Ariana Grande chegou a comentar uma foto do músico em seu Instagram: "Por favor, tome cuidado", escreveu ela.

"Eu cometi um erro estúpido. Sou um ser humano. Eu dirigi bêbado para casa. Mas aquilo foi a melhor coisa que podia ter me acontecido. Eu precisava daquilo. Eu precisava bater naquele poste literalmente para que tudo aquilo parasse", disse ele em julho, quando foi entrevistado por Zane Lowe em seu podcast.

Mac Miller, cujo nome verdadeiro é Malcolm James McCormick, nasceu em 19 de janeiro de 1992 em Pittsburgh, nos Estados Unidos. O seu primeiro álbum foi "Blue Slide Park", lançado em 2011. Depois disso ainda lançou "Watching Movies with the Sound Off" (2013), "GO:OD AM" (2015), "The Divine Feminine" (2016) e "Swimming" (2018). O último álbum, lançado em agosto, seria base de sua próxima turnê, marcada para começar em 27 de outubro.

Segundo o TMZ, as autoridades foram acionadas após uma ligação que teria se originado da casa do rapper, em San Fernando Valley, em Los Angeles. Os oficiais afirmam que o óbito de Mac Miller foi declarado no próprio local. No áudio divulgado pela publicação, é possível ouvir o pedido de atendimento para uma parada cardíaca.

Leia mais:

Em sua última turnê, Mac Miller passou pelo Brasil e se apresentou no Lollapalooza, em São Paulo, onde criticou o atual presidente norte-americano Donald Trump.

Na última quinta, o site Vulture chegou a publicar um grande perfil sobre o rapper. No texto, ele comentou a pressão da vida pública. "Muitas vezes na minha vida eu tive essa pressão para me manter no padrão do que eu imaginava que deveria ser, ou o que deveria correr atrás. Isso cria muita pressão", afirmou.