PUBLICIDADE
Topo

"Presos que menstruam": Curta sobre vida de mulheres em presídios ganha trailer

Elenco do curta-metragem "Presos Que Menstruam" - Arquivo Pessoal
Elenco do curta-metragem "Presos Que Menstruam" Imagem: Arquivo Pessoal

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

26/07/2018 11h44

O curta-metragem "Presos que Menstruam" ganhou seu primeiro trailer. Ele narra histórias de mulheres no sistema carcerário brasileiro, contadas pela jornalista Nana Queiroz no livro de mesmo nome

Com relato em primeira pessoa dos encontros de Nana com as presas, o livro traz, como a escritora diz, um quebra-cabeças em que as mulheres são as peças que compõem o quadro do sistema prisional. São problemas como as condições de higiene --muitas mulheres sequer têm direito a absorventes--, preconceito contra lésbicas ou as dificuldades das mães e de bebês que crescem com a liberdade cerceada.

No curta de 25 minutos, em vez de se representar como jornalista, o roteiro terá uma médica fazendo a ponte com o lado de dentro das grades e mostrando como, em muitos casos, a ausência do Estado para suprir carências sociais acaba deixando o crime como um caminho para mulheres que não tem como se sustentar ou a seus filhos.

O trailer mostra parte do drama que será visto nas telas, sob direção de Alisson Sbrana. A estreia está marcada para o festival de Brasília, em 20 de setembro.

Ao UOL, Nana contou um pouco do que viu na apuração do livro. "Uma das mulheres que entrevistei não ganhava dinheiro para alimentar os filhos, então a solução foi roubar. Ela havia fugido de um marido violento e, sozinha, não dava conta. Há muitas histórias de violência doméstica que levam mulheres ao crime", conta a autora. "Uma mulher custa cerca de R$ 3 mil por mês ao Estado, enquanto um curso profissionalizante sairia por uns R$ 600."