Topo

Música


"Me tremi toda", diz Claudia Leitte sobre show surpresa no "The Voice"

Claudia Leitte faz aparição surpresa no "The Voice Brasil" - Reprodução/Tv Globo
Claudia Leitte faz aparição surpresa no "The Voice Brasil" Imagem: Reprodução/Tv Globo

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

18/07/2018 15h07

A adrenalina que Claudia Leitte sentiu após fazer uma apresentação surpresa como candidata no “The Voice Brasil” ainda não baixou. A cantora surpreendeu os jurados no primeiro programa da 7ª temporada, exibido nesta terça-feira (17) na Globo, ao cantar “It Hurt So Bad” durante a Audição às Cegas, e conseguiu virar a cadeira de todos eles.

“Se eu subisse naquele palco pensando se eles iriam me aprovar ou não, eu não conseguiria nem cantar”, disse Claudia Leitte, por telefone, ao UOL. “Falei para pouquíssimas pessoas que faria essa apresentação surpresa e a intenção era que fosse emocionante mesmo”.

Claudia, que é jurada do “The Voice Kids”, disse que agora entende o nervosismo que um candidato sente antes de subir ao palco. “Eu sempre digo para os candidatos que eles têm que dar tudo deles, fazer o melhor possível, como se fosse a última coisa que fizessem”, revelou. “Não interessa como vão te olhar, o importante é o aqui e o agora”.

O primeiro jurado a virar a cadeira para Claudia Leitte foi seu padrinho musical, Carlinhos Brown. Em seguida, foi a vez de Ivete Sangalo, logo depois Michel Teló e, por último, Lulu Santos. “Meu filho me disse que sabia que o Carlinhos Brown iria ser o primeiro a virar. Ele é muito importante na minha vida. A minha primeira apresentação, quando eu tinha 14 anos, foi em um show dele. Depois ele compôs música para mim. Ele mora no meu coração”.

Para a cantora, a lição que fica é a de que não dá para se acomodar. “Eu sempre sinto frio na barriga antes de subir no palco. Não podemos perder nunca essa sensação para não cair na zona de conforto. Acho até respeitoso isso. Nós não paramos nunca de aprender”.

Depois da apresentação surpresa, Ivete pediu para Claudia ficar em seu time e a cantora foi disputada também por Carlinhos Brown. “Tem que ficar no meu time”, disse Ivete no programa. “A presença da Claudia humaniza a ideia do artista, porque nós temos os mesmos anseios dessa turma que sobe aqui no palco”, explicou Ivete.

“Graças a Deus eu não precisei escolher um dos jurados, porque eu não conseguiria. São todos meus amigos. Aqueles quatro são maravilhosos”, contou ela. “Mas eu me tremi toda, como sempre me tremo, seja para 300 pessoas ou como se estivesse cantando para 1 milhão de pessoas em Copacabana”.

Sobre sua atuação como jurada no programa "The Voice Kids", Claudia disse que é difícil dizer "não" para uma criança, mas que é muito importante para todo mundo saber ouvir a negativa. "Às vezes, é preciso dizer 'não' para as crianças, mas sempre procuramos a melhor maneira de dizer. A criança ainda está em formação e sempre há uma maneira carinhosa de falar. Minha participação cantando no 'The Voice' não vai mudar a minha postura como jurada, mas me colocou na condição em que eles estão ali".