PUBLICIDADE
Topo

"Encarei como um trabalho", diz modelo que beijou Nego do Borel em clipe

Nego do Borel em cena do clipe de "Me Solta" - Reprodução
Nego do Borel em cena do clipe de "Me Solta" Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL

17/07/2018 06h41

Jonathan Dobal, modelo que beijou Nego do Borel no clipe "Me Solta", falou sobre a polêmica em torno da produção no "Superpop" de segunda-feira (16). Ele afirma que encarou com naturalidade a proposta de dar o beijo em cena.

"É diferente por eu ser heterossexual, nunca beijei um homem antes. Mas não teve constrangimento, nada, encarei como um trabalho", garante, contando que deixou o cantor à vontade. "A ideia dele era a quebra do preconceito mesmo, 'me solta, deixa eu fazer o que quiser'. Falei 'relaxa, vai dançando, vou conduzir a cena e deixa que quando chegar perto vai acontecer'."

A química foi boa. "Na primeira vez que fizemos [a cena do beijo] ficou muito boa, o diretor pediu mais uma só para garantir. O beijo técnico a gente aprende no curso de ator, mas uma hora ali tem um pouco de contato, a gente acaba se entregando."

A família e os amigos aprovaram. "No dia seguinte à gravação eu contei, falei que foi superprofissional. Na hora que saiu o clipe, todo mundo gostou. Minha mãe encarou superbem, sabe que é o meu trabalho, meu pai também. A namorada dele [Julia Schiavi] estava lá, disse: 'caraca, muito louco, ficou bonito'."

Jonathan viu a fama aumentar nas redes sociais. "Ganhei 50 mil seguidores e muitas cantadas, de meninos e meninas. Todo mundo mandando mensagem, uma loucura. E os ataques que recebi foram na internet."