Topo

Entretenimento

"Insulta falar que eu gastava US$ 30 mil em vinhos: era muito mais", diz Depp

Divulgação
Johnny Depp em cena de "Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar" (2017) Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

22/06/2018 12h02

O ator Johnny Depp rebateu em grande estilo a acusação de seu ex-empresário de que gastava US$ 30 mil por mês na compra de vinhos. Segundo o astro de "Piratas do Caribe", o valor era muito maior do que esse.

"É um insulto falar que eu gastava US$ 30 mil em vinhos. Porque era muito mais", afirmou Depp em entrevista à revista Rolling Stones. 

Depp e seus ex-empresários do The Management Group (TMG) estão brigando na Justiça. O ator afirma que perdeu milhões de dólares por causa da negligência dos empresários, enquanto o TMG afirma que Depp torrou a fortuna de US$ 650 milhões em mansões, iates, carros e vinhos, é claro.

Na entrevista, Depp também falou do divórcio com a mulher Amber Heard, os problemas com a mãe e a morte do seu grande amigo, River Phoenix, nos anos 90.

Mais Entretenimento