Topo

Filmes e séries

Pixar é acusada novamente de plágio por "Divertida Mente"

Divulgação
Cena da animação "Divertida Mente", da Pixar Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

20/06/2018 15h33

Em questão de poucas semanas, a Pixar foi novamente acusada de plágio pela animação "Divertida Mente", de 2015. A primeira acusação veio com escritora Carla J. Masterson, e agora quem se diz dono da obra é o canadense Damon Pourshian, que alega ter escrito o roteiro em 1999.

O caso, registrado na Justiça da Califórnia, diz que o autor escreveu um roteiro com o mesmo nome da animação em inglês - "Inside Out" - e no ano seguinte o transformou em um curta-metragem. Ainda segundo os documentos, o texto foi produzido na Sheridan College, escola canadense que alega que muitos de seus alunos formados lá trabalham hoje na Disney/Pixar.

"Quando o senhor Pourshian viu 'Divertida Mente' notou similaridades alarmantes com sua obra. Mais tarde, ele ficou sabendo que vários estudantes da Sheridan Collage foram trabalhar nesta animação", diz o texto.

O roteiro do canadense fala de um garoto chamado Lewis e como suas reações e sentimentos são representados por personagens. O curta mostra o mundo externo de Lewis e os acontecimentos geram reações internamente.

Ainda segundo o processo, Pourshian não foi o único a perceber as semelhanças. O texto afirma que o roteirista recebeu diversas ligações de ex-alunos que viram similaridades entre as duas histórias.

O canadense quer uma compensação pelos danos e ser creditado no roteiro do filme. A Disney/Pixar não se manifestou sobre o caso.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!