Topo

Geek

Diretor explica decisão trágica de Thor em "Vingadores: Guerra Infinita"

Divulgação
Vingadores: Guerra Infinita Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

08/05/2018 10h30

ATENÇÃO: Este texto contém spoilers de “Vingadores: Guerra Infinita” e fala sobre a situação de alguns personagens durante e após o filme.

Diante do poder de Thanos, são poucos os heróis de "Vingadores: Guerra Infinita" que chegam a ameaçar o vilão. Um deles é o poderoso Thor, que acabou sendo criticado na trama por não conseguir, pelo menos até aqui, salvar o universo, por conta de decisões que tomou durante o filme -- críticas que também recaem no Senhor das Estrelas.

Quando chega a Wakanda com a sua nova arma, Thor consegue fincar o machado no peito de Thanos. A decisão de não atingir a cabeça do vilão permite a Thanos estalar os dedos e apagar metade do universo. Joe Russo, um dos responsáveis pelo filme, falou sobre este detalhe da trama, ao "ComicBook".

“Eu entendo que os fãs podem ficar zangados com Thor, que decidiu jogar o machado no peito, e não na cabeça de Thanos, porque ele queria dizer a Thanos que conquistou sua vingança”, afirmou Joe, referindo-se a Thanos provocar a morte de Loki logo no começo do filme.

LEIA MAIS

Thor é conhecido por agir por impulso e emoção no Universo da Marvel. Isso se mostra em diálogos no filme e na decisão tomada no fim de “Guerra Infinita”.

“Se ele fosse para um golpe matador, aquele estalar de dedos não teria acontecido. Essas são decisões que personagens que estão sentindo imensa dor fazem. E esperamos que os espectadores possam ter empatia com os personagens, porque eles têm a chance de crescer com o decorrer da história. Essas histórias podem nos ensinar que podemos ver cada escolha da perspectiva do personagem que fez essa escolha”, adicionou o diretor.

Thor pode ter uma nova chance de bater Thanos em “Vingadores 4”. Já o Senhor das Estrelas, de acordo com Russo, não terá a mesma oportunidade “por que está morto”.

Joe Russo também falou sobre aquele momento do estalar de dedos para Thanos. "Aquilo o leva para um plano etéreo dentro da Joia da Alma, onde ele tem um último momento para ter algum senso de culpa pelo que ele fez".

"Guerra Infinita" está nos cinemas. "Vingadores 4" tem estreia marcada para 2 de maio de 2019.