Topo

Filmes e séries


Academia do Oscar expulsa Bill Cosby e Roman Polanski da organização

Divulgação
Bill Cosby e Roman Polansky são expulsos da Academia do Oscar Imagem: Divulgação

Do UOL*, em São Paulo

03/05/2018 15h37

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pela premiação do Oscar, divulgou um comunicado nesta quinta-feira (3) confirmando a expulsão do ator e comediante Bill Cosby e do diretor Roman Polanski.

No comunicado, a Academia afirmou que a expulsão ocorreu de acordo com o seu código de conduta. O novo código foi divulgado logo após os escândalos envolvendo o produtor Harvey Weinstein.

O comediante Bill Cosby foi condenado recentemente por estupro após drogar Andrea Constand, ex-gerente de operações do departamento de esportes da Temple University, em sua casa, em 2004. O artista foi denunciado por 50 mulheres, mas até o momento somente o caso de Andrea foi a julgamento.

O diretor Roman Polanski, dono de um Oscar por "O Pianista" (2003), foi condenado por estupro de uma menor de idade nos anos 1970 e pode ser preso caso viaje para os Estados Unidos. Ele não visita o país há mais de duas décadas. Polanski continua fazendo filmes na Europa. Seu mais recente trabalho, "Baseado em Fatos Reais", estreou recentemente no Brasil.

Ainda no comunicado, a Academia pede que seus membros mantenham os valores de respeito pela dignidade humana.

O novo código de conduta da Academia diz ainda que as pessoas que usarem o seu status, poder ou influência para abusar de outras pessoas, ou violar os padrões da decência, poderão ser expulsos. Em outubro do ano passado, Harvey Weinstein foi um dos primeiros a ser expulso.

Outro lado

O advogado de Polanski, Harland Braun, disse à revista "Variety" que o diretor não teve a oportunidade de se defender da Academia, o que representaria uma violação do novo código de conduta da instituição.

"É um exemplo muito ruim Parece errado apenas expulsar alguém e tomar uma decisão sem conhecer todos os fatos", afirmou.
"Ele aceitou a responsabilidade e se desculpou com a mulher. Ela aceitou seu pedido de desculpas. É uma coisa muito ignorante a se fazer ".

A defesa de Bill Cosby ainda não se pronunciou sobre a expulsão.

Sabe-se agora que quatro membros da Academia foram expulsos pela organização. O produtor Harvey Weinstein foi expulso em outubro após diversas mulheres o acusarem de décadas de má conduta sexual. Weinstein, de 66 anos, negou ter tido relações sexuais não consensuais com qualquer pessoa.

O ator Carmine Caridi foi expulso em 2004 por distribuir cópias de filmes que são enviadas para integrantes da Academia.

*Com agências internacionais de notícias