Livros e HQs

Autor vende a própria HQ na Comic Con para conseguir voltar para Sorocaba

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

03/12/2015 21h13

O quadrinista de Sorocaba Kaji Pato, ou Carlos Antunes Siqueira Júnior, 26, lançou recentemente pela editora Draco seu primeiro quadrinho, batizado de "Quack". Na Comic Con, decidiu ele próprio vender alguns exemplares pelos corredores do pavilhão e levantar a grana para pagar o "busão" de volta para casa.

"A editora descolou o meu ingresso, e eu vim para cá apenas com R$ 30. Já consegui juntar R$ 100 depois de quase uma hora de 'trabalho'", disse o autor ao UOL. Para conseguir vender os próprios examplares, Kaji comprou no estande da editora uma edição 40% mais barata, com preço para autor, e saiu pela feira vendendo pelo preço de capa, que custa R$ 20.

"Eu ganho 15% se o quadrinho for vendido no estande. Se eu mesmo vender, ganho 40%. Com o dinheiro da primeira venda, comprei outros dois exemplares e vendi. Agora voltei ao estande e comprei outros 4. E assim vou indo. Já vendi dez", disse.

Raphael Fernandes, editor da Draco, contou que o "Quack", por conta do boca a boca feito pelo autor, está sendo uma das obras mais vendidas no estande. Até a publicação deste texto, 30 exemplares haviam sido vendidos.

Kaji trabalha como ilustrador freelancer e conseguiu o contrato com a editora depois de ter ficado entre os cinco melhores no concurso BMA (Brazil Mangá Show), da editora JBC, em 2014.

"Quack" conta a história de Baltazar Dumont, um aviador que tem um pato falante de estimação. Baltazar é um cara tímido, e seu pato é extrovertido. O temperamento dos dois está sempre em conflito, e juntos eles têm de se virar para conseguir dinheiro para pagar um agiota. O traço da obra, segundo o autor, é uma mistura de mangá com quadrinho tradicional.

"A vantagem de sair vendendo pela feira não é ganhar dinheiro", diz Kaji. "Para mim, é mais importante conhecer meu leitor. Quando eu converso com as pessoas, elas se sentem próximas de mim. Mesmo que eu não venda, elas podem procurar pela obra depois."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Página Cinco
Página Cinco
Da Redação
Página Cinco
Da Redação
Da Redação
Página Cinco
Página Cinco
UOL Jogos
Página Cinco
Página Cinco
Da Redação
Página Cinco
Página Cinco
Da Redação
Página Cinco
Página Cinco
UOL Jogos
Da Redação
do UOL
Página Cinco
UOL Entretenimento - Imagens
Página Cinco
EFE
Página Cinco
Blog do Barcinski
Página Cinco
UOL Jogos
Página Cinco
do UOL
Página Cinco
do UOL
Da Redação
Página Cinco
AFP
do UOL
Página Cinco
Da Redação
EFE
Página Cinco
Da Redação
Blog do Barcinski
Página Cinco
Reuters
Da Redação
BBC
Página Cinco
AFP
do UOL
AFP
Topo