Topo

Livros e HQs

Verissimo sobre João Ubaldo Ribeiro: "Ele era o verdadeiro Caymmi"

Do UOL, em São Paulo

18/07/2014 11h03

O escritor Luis Fernando Verissimo acordou na manhã desta sexta-feira (18) com a notícia da morte do amigo João Ubaldo Ribeiro. "Fiquei muito surpreso. Não sabia que ele estava doente", disse o gaúcho, por telefone, ao UOL. "Era um grande escritor, um dos nossos melhores". Ubaldo, autor de obras como "A Casa dos Budas Ditosos" e "Sargento Getúlio", morreu aos 73 anos, vítima de embolia pulmonar, em sua casa no Rio.

Atualmente, Verissimo e João Ubaldo se viam pouco, mas continuavam amigos. "Ele era muito divertido. Brincávamos que ele tinha uma boa voz. Cantava muito. Falávamos que o verdadeiro Dorival Caymmi era ele".

Da obra do baiano, Verissimo destaca "O Sargento Getúlio", lançado em 1971, como sua obra-prima. "Talvez tenha sido a melhor coisa que ele escreveu. Essa e toda obra dele falam sobre o povo brasileiro, o que é a brasilidade, quais são as características do nosso povo".

Segundo livro de Ubaldo, "Sargento Getúlio" foi consagrado como um marco do moderno romance brasileiro, levando o escritor a comparações com Graciliano Ramos e Guimarães Rosa. A obra, que aborda o banditismo no sertão e usa uma linguagem coloquial repleta de regionalismos, foi adaptado ao cinema e protagonizado por Lima Duarte, e lhe rendeu um Prêmio Jabuti de autor revelação.

Repercussão

  • Arquivo Ag. A Tarde

    Amigos lamentam morte do escritor

    Fafá de Belém: "Millôr deve estar esperando por ele e a nós resta a dor, a lembrança e a saudade". Veja mais

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Livros e HQs