Livros e HQs

Obras de João Ubaldo também fizeram sucesso no cinema, na TV e no teatro

Do UOL, em São Paulo

18/07/2014 16h25

Escritor prolífico, com mais de 20 livros publicados --entre romances, contos, crônicas, ensaios e literatura infanto-juvenil--, o escritor baiano João Ubaldo Ribeiro, que morreu nesta sexta (18) aos 73 anos, também fez sucesso no cinema, na TV, e no teatro, com adaptações que agradaram à crítica, como o filme "Sargento Getúlio", ou conquistaram o grande público, como o monólogo "A Casa dos Budas Ditosos". Na TV, seus romances e contos ainda viraram a novela "O Sorriso do Lagarto" e inúmeros programas especiais na Globo.

Divulgação
O ator Lima Duarte em cena do filme "Sargento Getúlio", de 1971, uma adaptação da obra de João Ubaldo Ribeiro. O filme, em 1983, ganhou prêmio de melhor filme no Festival de Gramado Imagem: Divulgação

Cinema

Um dos livros que consagrou o nome de João Ubaldo entre os grandes da literatura brasileira, "Sargento Getúlio" virou filme em 1982 pelas mãos do cineasta Hermanno Penna, que escalou Lima Duarte para interpretar o protagonista. O longa gira em torno da jornada do rude sargento, que está escoltando um prisioneiro quando, em virtude de mudanças no panorama político, recebe ordens para libertar o preso. "Sargento Getúlio" foi o grande vencedor do Festival de Gramado em 1983, quando levou os prêmios de melhor ator (Lima Duarte), melhor ator coadjuvante (Orlando Vieira), melhor som direto, melhor filme, prêmio da crítica, prêmio da imprensa e prêmio do júri.

Divulgação
Antônio Fagundes e Wagner Moura em cena do filme "Deus É Brasileiro" Imagem: Divulgação

Além de ver sua própria obra nas telas, o escritor colaborou no roteiro da adaptação para o cinema de "Tieta do Agreste", de Jorge Amado, com direção de Cacá Diegues. O filme foi lançado em 1996, com Sônia Braga como protagonista.

João Ubaldo também trabalhou com Cacá Diegues para transformar seu conto "O Santo que Não Acreditava em Deus" no roteiro do filme "Deus é Brasileiro", lançado em 2003. Um dos primeiros sucessos do ator Wagner Moura, que atuou ao lado de Antônio Fagundes como o guia de Deus na busca de um substituto, o longa foi visto por cerca de 1,6 milhões de pessoas.

TV

Na televisão, inúmeras obras de João Ubaldo ganharam vida em forma de novela e especiais.

Reprodução/TV Globo
Maitê Proença e Tony Ramos em cena da novela "O Sorriso do Lagarto" (1991) Imagem: Reprodução/TV Globo

Um dos casos mais notórios é o de "O Sorriso do Lagarto", novela exibida entre junho e agosto de 1991, na Globo. A adaptação foi escrita por Walter Negrão e protagonizada por Tony Ramos e Maitê Proença, que viveram o par romântico --um biológo que abandona a profissão para viver da pesca e a infeliz mulher do secretário de saúde da Ilha de Santa Cruz, que vivem seu romance em meio a investigações de um crime.

Assim como no cinema, na TV João Ubaldo também ajudou a adaptar outra obra de Jorge Amado, "Os Pastores da Noite", para o especial "O Compadre de Ogum", exibido na programação de fim de ano da Globo em 1994.

Outras obras do escritor foram transformadas em programas especiais , como "O Santo que Não Acreditava em Deus" (1994), "A Maldita" (1995), e "O Poder da Arte e da Palavra" (1994), todos exibidos na Globo.

Teatro

João Ubaldo não chegou a escrever peças de teatro, mas um de seus livros mais "escandalosos", "A Casa dos Budas Ditosos" (1999), foi para os palcos em um monólogo dirigido por Domingos de Oliveira, com Fernanda Torres no papel da libertina senhora de 68 anos que conta suas experiências sexuais. A peça ficou em cartaz em diferentes temporadas de 2003 a 2010 e reestreou em 2013.

Fernanda Torres fala sobre "A Casa dos Budas Ditosos"

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Página Cinco
Página Cinco
AFP
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
DW
Página Cinco
Da Redação
Da Redação
Página Cinco
Roberto Sadovski
Página Cinco
EFE
Página Cinco
EFE
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Da Redação
BBC
BBC
Página Cinco
UOL Música
Página Cinco
do UOL
UOL Jogos
EFE
Página Cinco
AFP
Página Cinco
do UOL
UOL Jogos
EFE
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
AFP
Página Cinco
EFE
AFP
BBC
Página Cinco
UOL Jogos
UOL Jogos
Página Cinco
AFP
Página Cinco
do UOL
Topo