Entretenimento

"Peças serão opções para quem não gosta de futebol", diz diretor sobre a Copa

Renato Damião

Do UOL, no Rio

12/03/2014 02h56

Vencedor do Prêmio Shell de Melhor Direção pelo espetáculo “Incêndios”, o diretor Aderbal Freire Filho conversou com o UOL horas antes do anúncio dos vencedores, nesta terça-feira (11), no Rio, e disse que estava muito animado.

“Estou muito feliz. É clichê, mas só de ser indicado já é um prêmio”, afirmou. A peça volta em cartaz em abril na capital fluminense e fica até julho.

Aderbal comentou também a influência da Copa do Mundo no meio teatral, uma vez que entre junho e julho, o país será voltado para o evento esportivo. Para ele, não chega a ser uma preocupação, mas “é uma pauta que tem sido muito discutida”.

“Muitos acham que vai ser positivo, que isso de ter turistas de outros estados vai agitar a cidade e criar interesse pelo teatro. As peças serão uma alternativa para quem não quer só ver futebol. Estamos torcendo”, ressaltou o namorado da atriz Marieta Severo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo