Entretenimento

30ª Bienal de SP recebe 23 mil pessoas no primeiro final de semana

Leandro Moraes/UOL
Obra do artista Hans-Peter Feldmann exposta na 30ª Bienal de Arte de São Paulo mostra o que há dentro das bolsas de mulheres (4/9/12) Imagem: Leandro Moraes/UOL

Do UOL, em São Paulo

10/09/2012 15h12

A 30ª Bienal de São Paulo recebeu 23 mil pessoas em seu primeiro final de semana aberto ao público, segundo a assessoria de imprensa do evento. O primeiro dia de exibição, que coincidiu com o feriado de 7 de setembro, atraiu cerca de 7,5 mil pessoas.

A última edição do evento, em 2010, teveum total de público de 525 mil pessoas. A organização ainda não tem uma previsão de quantas pessoas são esperadas neste ano.

Com o tema "A Iminência das Poéticas", a 30º Bienal conta com três andares ocupados com cerca de 3 mil obras de 111 artistas, 21 deles brasileiros. Cerca de 75% das obras são inéditas, sendo expostas pela primeira vez ou criadas especialmente para o evento.

Facilidades
A SPTrans criou uma linha especial de ônibus, a 909A/10, que vai realizar a ligação direta entre o Metrô Ana Rosa e o Pavilhão da Bienal, próximo ao portão 3 do Parque do Ibirapuera. Com uma frota de três ônibus movidos a etanol e intervalo médio de 15 minutos, a linha vai funcionar das 8h às 22h30, de segunda a domingo, até dia 9 de dezembro.

A tarifa é a mesma do sistema municipal de transportes, R$ 3. Os veículos têm um visual diferenciado, com a inscrição "Linha circular especial - Trigésima Bienal de São Paulo" nas laterais.

O espaço da Bienal não tem praça de alimentação, mas conta com uma lanchonete e um restaurante no mezanino. Há restaurantes e quiosques espalhados pelo Parque do Ibirapuera, além do restaurante do MAM (Museu de Arte Moderna).

Bienal sem polêmica


"Quisemos fazer uma Bienal clara, não transparente, inteligente, não bombástica. Sem confronto pelo confronto

Luiz Pérez-Orama, curador desta edição

Não é permitido entrar comendo ou com mochilas no pavilhão, mas há armários para guardá-las na entrada – o serviço é gratuito. Os visitantes passam por revista antes de entrar.

Audioguia
Monitores estarão à disposição do público para tirar dúvidas, mas a Bienal também oferece um audioguia aos visitantes. Com narração do curador Luis Pérez-Oramas, os áudios apresentam ao ouvinte algumas sugestões de caminhadas pela mostra. Eles são identificados com números e códigos dos lados das obras

Há três opções de acesso. O visitante pode ligar para o portal de voz da Oi (11 8080-3300) e digitar o código do áudio desejado (a partir de celular Oi, R$ 0,51 + tributos por minuto; o custo para outras operadoras varia de acordo com o plano); usar o smartphone ou tablet para ler o código QR que identifica o áudio (essa opção requer aplicativo da Bienal) ou visitar o site www.30bienal.org.br e baixar gratuitamente os arquivos de áudio para MP3 player ou celular (o download dos arquivos só pode ser feito por computador, por isso, é preciso baixar o audioguia antes de comparecer à exposição).

Visitas orientadas
Há visitas orientadas gratuitas para grupos de 10 a 20 pessoas. É necessário um adulto responsável para acompanhar cada grupo e a faixa etária recomendada para a exposição é de acima de seis anos. Também há visitas orientadas especialmente para pessoas com mais de 60 anos. Elas devem ser agendadas por meio da empresa Diverte Cultural: (11) 3883-9090.

Também podem ser feitas visitas orientadas para público sem agendamento (espontâneo) de terça a domingo. Os interessados devem procurar a equipe do Receptivo do Educativo, localizada próximo à entrada da exposição.

Aplicativo e wi-fi
Os portadores de smartphones e tablets podem baixar o aplicativo #30Bienal seLecTed powered by Bloomberg pelo endereço selected.30bienal.org.br para acessar informações sobre a 30ª Bienal.

O acesso a wi-fi Oi é gratuito no Pavilhão Bienal durante o período da exposição.

Fora do Pavilhão
Um dos destaques dessa edição é que outros museus da cidade também vão exibir obras e eventos ligados à Bienal. Entre esses espaços estão o MASP, o Museu de Arte Brasileira da Faap e o Instituto Tomie Ohtake, além de pontos turísticos de São Paulo, como a Avenida Paulista e a Estação da Luz.

Serviço
30º Bienal de São Paulo - A Iminência das Poéticas
Quando:
7 de setembro a 9 de dezembro
Terças, quintas, sábados, domingos e feriados: das 9 às 19h - entrada até as 18h
Quartas e sextas, das 9 às 22h - entrada até às 21h
Fechado às segundas
Onde: Pavilhão Ciccillo Matarazzo, Parque do Ibirapuera - Portão 3 – Avenida Pedro Álvares Cabral s/n
Quanto: Entrada gratuita
Estacionamento no Parque: Zona Azul (cada folha vale por 2 horas)
Linha especial de ônibus: 909A/10, saindo do Metrô Ana Rosa
Site: www.bienal.org.br/30bienal/pt/Paginas/default.aspx
Mais informações: (11) 5576-7600

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo