Topo

Entretenimento

"Ninguém sabia que eu cantava", brinca José Mayer, favorito ao Prêmio Shell de melhor ator

AgNews
José Mayer em "Um Violinista no Telhado" Imagem: AgNews

Rodrigo Monteiro

Do UOL, no Rio

13/03/2012 21h34

Favorito na categoria melhor ator na edição carioca do Prêmio Shell de Teatro, José Mayer afirma estar muito feliz com a indicação e brinca: "Ninguém sabia que eu cantava, nem eu". Concorrendo pelo papel em "Um Violinista no Telhado", o ator compareceu à cerimônia na noite desta terça (13) no Espaço Victória, no Jockey Club do Rio de Janeiro.

Ele concorre com Gracindo Júnior, Rafael Primot, Charles Fricks e Gilberto Gawronski. Na categoria melhor atriz, disputam Vera Holtz, Claudia Netto, Débora Olivieri e Letícia Isnard, que anunciou sua participação no elenco da novela "Avenida Brasil". Pelo trabalho em "Estamira - Beira do Mundo", Dani Barros é a favorita na categoria. "Estou muito feliz de ver o documentário sendo indicado a prêmios no teatro", disse o diretor Marcos Prado, diretor do filme de 2004 sobre a catadora de lixo.

A 24ª edição do evento no Rio homenageia Bárbara Heliodora pelos 54 anos de trabalho dedicados à crítica teatral. "Como crítica eu sempre homenageio, então quando sou homenageada é uma coisa inusitada", disse. A atriz Fernanda Montenegro foi ao evento para prestigiar a homenagem à Bárbara, que considera "super válido".

Nomeadas em quatro categorias cada, as peças "Palácio do Fim", de José Wilker, e "Crônica da Casa Assassinada", de Gabriel Vilela, são as líderes de indicações. Ao todo, 24 peças concorrem ao Prêmio Shell no Rio de Janeiro.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento