Entretenimento

Obra de Manet é arrematada por US$ 65,12 milhões em leilão em Nova York

Don Emmert/AFP
Imagem: Don Emmert/AFP

De Nova York

06/11/2014 01h03

O quadro "A Primavera" (Le Printemps), do pintor francês Édouard Manet, foi vendido, nesta quarta-feira (5), por US$ 65,12 milhões em um leilão na Casa Christie's de Nova York, o que representa um recorde para o fundador do Impressionismo.  

O valor atingido pela obra de 1881 superou as expectativas da casa de leilões, que tinha estimado uma quantia máxima de US$ 35 milhões.

"A Primavera", retrato de perfil da atriz Jeanne Demarsy, foi exibido pela primeira vez em Paris no ano de 1882, apenas um ano antes da morte do pintor.

Manet (1832-1883) é considerado o fundador do Impressionismo com a obra "Almoço na Relva", mas ele mesmo sempre rejeitou tal rótulo.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo