PUBLICIDADE
Topo

Quadro da série "Nenúfares", de Monet, é vendido por US$ 54 milhões

Funcionário da Sotherby segura quadro da série "Nenúfares", de Claude Monet, vendido por US$ 54 milhões - Andrew Cowie/AFP Photo
Funcionário da Sotherby segura quadro da série "Nenúfares", de Claude Monet, vendido por US$ 54 milhões Imagem: Andrew Cowie/AFP Photo

De Londres

23/06/2014 18h29

Um quadro da série "Nenúfares", de Claude Monet, foi vendido nesta segunda-feira (23) em Londres por 31,72 milhões de libras (US$ 54 milhões) o segundo maior preço alcançado por uma obra do artista impressionista francês.

A obra, pintada em 1906, é considerada um dos ícones da cúpula do impressionismo. Foi a estrela do leilão de arte moderna e impressionista da Sotheby's, e superou as estimativas, além de ofuscar as expectativas de recorde levantadas para a venda de um Mondrian.

O recorde de um Monet (1840-1926) em leilão continuou com outro quadro da série "Nenúfares", produzida entre 1905 e 1908 e composta por mais de 60 peças, que foi vendido em 2008 na casa londrina Christie's por 41 milhões de libras (US$ 69,7 milhões).