Topo

Entretenimento

Foto gigante de intervenção no Minhocão, em São Paulo, é pichada

De São Paulo

23/10/2013 13h07Atualizada em 23/10/2013 13h27

O retrato de um rosto com seis metros de altura que integra o Giganto, projeto que expõe fotos ao ar livre no centro de São Paulo como parte do festival PHotoEspaña, foi danificada com uma pichação dizendo "à rua o que é da rua!".

A série de 20 retratos da artista Raquel Brust mudou a cara do Elevado Costa e Silva desde o fim de semana passado, quando os rostos de cidadãos comuns paulistanos humanizaram os pilares, pontes e muros por ocasião do festival de fotografia que começou hoje no coração financeiro da capital e permanecerá até 25 de janeiro.

A autora da obra se recusou a comentar as pichações, mas informou à Agência Efe que ainda não decidiu o que vai fazer.

Dias antes da abertura da exposição, no entanto, a fotógrafa comentou à Efe que sua obra, iniciada em 2008, estava "presa" nos museus e agora "é para um público mais ativo frente à obra", e acrescentou: "Quero que se degradem com o passar do tempo e com a chegada de novos grafites".

"A proposta é uma fotografia ativa, onde a obra e o espectador se confundem. Cada Giganto é único, depois o lugar onde será instalado inspira o tema e leva à pesquisa dos personagens", relata Raquel em seu site.

O PHotoEspaña é um festival internacional de fotografia e artes visuais que "se tornou um dos principais eventos de artes visuais no mundo e um dos maiores fóruns internacionais da fotografia", diz o site do festival.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento