Entretenimento

Morre, aos 62 anos, escritor cubano-americano Oscar Hijuelos

Stephen J. Boitano/AP
Oscar Hijuelos foi vencedor do Prêmio Pulitzer Imagem: Stephen J. Boitano/AP

14/10/2013 06h46

Oscar Hijuelos, o escritor cubano-americano conhecido pelo livro "Os Reis do Mambo Tocam Canções de Amor", vencedor do Prêmio Pulitzer, morreu em Nova York aos 62 anos, anunciou sua mulher Lori Marie Carlson ao jornal "The New York Times".

Hijuelos sofreu um colapso em uma quadra de tênis de Manhattan no sábado (12) e não recuperou a consciência, segundo a viúva.

O escritor nasceu em 1951 em Nova York, filho de imigrantes cubanos. Foi o primeiro hispânico a receber o Prêmio Pulitzer, em 1990, por "Mambo Kings", seu segundo romance.

O livro, traduzido para 25 idiomas, foi adaptado para o cinema em 1992, com Antonio Banderas e Armand Assante como protagonistas.

"Os Reis do Mambo" narra as aventuras de dois irmãos cubanos, César e Néstor Castillo, que se mudam para os Estados Unidos nos anos 50, no auge do estilo musical.

Outros livros de Hijuelos abordam a vida dos cubano-americanos, como "The Fourteen Sisters of Emilio Montez O'Brien" (1993), "A Simple Habana Melody" (2002) e "Beautiful Maria of my Soul" (2010).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo