Entretenimento

Polícia espanhola recupera gravuras roubadas de Picasso e Miró

Jorge Zapata/EFE
O colecionador Guillermo Prieto, dono das gravuras "El búho" e "Portrait de Famille", de Picasso, e de xilografia em papel de Joan Miró, junto às obras, recuperadas pela polícia espanhola em Málaga três anos após o furto Imagem: Jorge Zapata/EFE

29/05/2013 17h56Atualizada em 29/05/2013 18h36

A polícia espanhola recuperou nesta quarta-feira (29), em Málaga, duas gravuras de Pablo Picasso e uma xilogravura de Joan Miró, que haviam sido roubadas em 2010 de uma sala de exposições da cidade. De acordo com a polícia, uma pessoa foi detida.

Segundo as autoridades espanholas, foram recuperadas as gravuras "El búho" e "Portrait de Famille", de Picasso, e uma xilogravura em papel de Joan Miró, pertencentes a um colecionador particular, que as havia cedido para exibição numa galeria.

O furto das peças aconteceu em abril de 2010.

As obras foram encontradas após a detenção de uma pessoa no dia 18 de abril, em Málaga, que levou os investigadores até as três gravuras,  que foram recuperadas na manhã desta quarta. A identidade do detido não foi revelada.

De acordo com o boletim policial, os agentes também fizeram duas batidas, em Málaga e em Madri. A operação continua em andamento, e a polícia não descarta que ocorram mais detenções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo