Topo

Coluna

Chico Barney

Música de bandido? O samba nunca foi de arruaça

Reprodução
Convidado do "Altas Horas", César Menotti fez declaração polêmica Imagem: Reprodução
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

04/06/2018 18h34

Não é à toa que o programa "Altas Horas" abandonou o slogan “vida inteligente nas madrugadas”. Depois de transformar Marco Luque em atração fixa, agora foi a vez de dar espaço ao César Menotti, da dupla com Fabiano, para falar umas abobrinhas que teriam ficado bem melhor no chão da sala de edição (justamente como falou o Stycer aqui).

Informou o UOL: “Tudo começou quando o cantor disse que, em um show realizado em um presídio, fãs pediam músicas que a dupla não sabe cantar. “Eu falei ‘desculpa, é que realmente a gente não sabe cantar nenhum samba’. E o Fabiano (disse) ‘e tem mais, na minha opinião, samba é música de bandido'”, disse Menotti, levando aos risos Serginho, a plateia do programa e os convidados Pedro e Alberto Bial” (leia a matéria completa e a repercussão aqui).

Mas chega de dar espaço para comentários negativos. O intuito aqui é lembrar que o samba nunca foi de arruaça. Preparei uma playlist para mostrar que o único crime de quem faz samba é amar demais.

Zeca Pagodinho - O samba nunca foi de arruaça

“O samba nunca foi de arruaça
Quem sabe é Carlos Cachaça, testemunha ocular
Ele viu nos tempos de menino
Com Cartola e Marcelino coisas de fazer chorar
Existia um certo preconceito
Que nos tirava o direito de sambar com liberdade
Mas apesar do preconceito, o sucesso era perfeito
Quando o samba ia pra cidade...”

Arlindo Cruz - O Bem

Dona Ivone Lara & Jorge Aragão - Tendência

Fundo de Quintal - Força, fé e raiz

Beth Carvalho & Zeca Pagodinho - Ainda é tempo pra ser feliz

Diogo Nogueira - Alma Boêmia

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!