Coluna

Chico Barney

Volta logo, Cabeção! O Brasil precisa de você

Manuela Scarpa/Photo Rio News
O ator Sergio Hondjakoff Imagem: Manuela Scarpa/Photo Rio News
Reprodução
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

20/08/2017 07h20

Foi com tremenda consternação que abri os jornais de sábado e descobri que Sérgio Hondjakoff, o eterno Cabeção da "Malhação", está morando nos Estados Unidos.

Segundo informações do jornal "Extra", a carreira internacional do ator está começando da mesma forma que outros ídolos da tela grande: trabalhando como caixa em um mercado de Nova York. Para você ter uma ideia, essa era a mesmíssima função que Michelle Pfeifer executava antes de estourar no clássico "Scarface" (1983).

Sylvester Stallone foi frentista e garçom antes de estourar como Rocky Balboa. Kanye West dobrava roupas na GAP. Harrison Ford teve uma prolífica carreira como serviços gerais. Jim Carey era zelador. Johnny Depp já irritava a sociedade antes mesmo da fama, pois trabalhava com telemarketing. Nosso querido Latino foi mágico, copeiro e cozinheiro durante sua temporada na América.

É assim que as grandes estrelas são forjadas. Em contato com as vicissitudes da vida, encarando o abismo e eventualmente perguntando se o cliente quer CPF na nota.

Nada mais compreensível que Serginho vá em busca de novos ares na terra das oportunidades. Mas é importante que saiba que existe uma grande comunidade de entusiastas torcendo pelo sucesso dele aqui no Brasil.

Depois da gloriosa passagem pelo programa "Pânico" em 2015 e a dupla de funk que formou com Dino Boyer, Cabeção anunciou dois projetos promissores que infelizmente não chegaram a ver a luz do dia: um espetáculo de stand-up e um canal no YouTube. Praticamente o zeitgeist na forma de ator desempregado.

Estamos torcendo para que o exílio do artista, ainda mais em tempos tão conturbados por aqui na pátria amada, seja breve. Precisamos da lufada de ar que costuma ser a presença do maior ícone da teledramaturgia adolescente brasileira.

Filmografia recomendada

A mãe de Sérgio Hondjakoff falou de dois curta-metragens rodados pelo ator antes de colocar o pé na estrada.

"AS FLORES DE MARIA" pode ter seu trailer apreciado no link abaixo. Escrevi sobre a obra há alguns meses, na época do lançamento.

"ALÉTHEIA" é mais antigo e está na íntegra no Vimeo. Conta também com a reconfortante participação de Aisha Jambo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Topo