Coluna

Chico Barney

Uma nova chance para o Cabeção da Malhação

Reprodução
Serginho Hondjakoff, o Cabeção, em cena no filme "As Flores de Maria" Imagem: Reprodução
Reprodução
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

26/05/2017 04h00

Sérgio Hondjakoff foi uma das figuras mais carismáticas da TV brasileira durante a primeira década do século 21. Com um jeito desengonçado e pouco propenso às luzes da ribalta, foi o mais improvável protagonista da Malhação.

Começou como um alívio cômico, mas logo foi ocupando mais espaço e se tornou um ícone da atração juvenil nos fins de tarde da Globo. Foi lá que protagonizou um dos romances mais celebrados da teledramaturgia, ao lado de um Cauã Reymond em começo de carreira.

O tempo passou e Serginho teve um destino muito parecido com o de vários astros mirins ao redor do mundo - muito embora já fosse velho demais para ser classificado como tal quando começou em Malhação.

Depois de beber demais e virar um dos primeiros memes da internet nacional, lidou com demônios internos durante curta passagem pela Record, foi alvo de falatório na imprensa por conta de algumas intrigas sexuais e também investiu em uma curiosa carreira de funkeiro. É praticamente a nossa Demi Lovato.

Mas o público amargou longo período sem ter a oportunidade de prestigiar uma nova atuação de Serginho Hondjakoff. Eis que o Al Pacino de Copacabana retorna em grande estilo, protagonizando As Flores de Maria, soturno média-metragem rodado em Resende, no estado do Rio de Janeiro.

O drama foi realizado graças a Lei Municipal de Incentivo à Cultura e movimentou a força de trabalho da cidade, tendo Hondjakoff como seu grande chamariz. A ideia agora é participar de festivais de cinema.

Pela repercussão da orgulhosa imprensa local, a obra parece ter boas chances:

“Deram o melhor de si”, publicou o pragmático Fábio Soares VIP em sua coluna Hotinhas.

“Deixou o público com bastante ansiedade e aflição“, avisou o site Comunic Notícias.

“Mesmo não tendo as condições ideais para uma produção nesse formato, não se intimidaram”, incentivou o Portal Sul Flu.

Por incrível que pareça, os trechos destacados acima não passam de fragmentos do release oficial da pré-estreia, replicados em sites da região. Graças a alguma injustiça do mercado, a repercussão na imprensa especializada em cinema ainda não aconteceu.

É uma pena que o filme ainda não esteja disponível para assistir ao menos na internet. Pelas poucas informações disponíveis a respeito, certamente reúne os predicados para se tornar um cult.

Enquanto isso não acontece, recomendo a apreciação do trailer de "As Flores de Maria". E ficamos na torcida para este seja o retorno triunfal que o eterno Cabeção da Malhação merece.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Topo