PUBLICIDADE
Topo

'Amor de Mãe': O que aconteceria se a novela não tivesse sido interrompida

Sandro (Humberto Carrão) e Betina (Isis Valverde) se beijam em Amor de Mãe - TV Globo
Sandro (Humberto Carrão) e Betina (Isis Valverde) se beijam em Amor de Mãe Imagem: TV Globo
Aline Ramos

Aline Ramos é jornalista, mas tá mais pra palpiteira, por isso cria conteúdo na internet desde 2014. Você com certeza já fez algum teste dela no BuzzFeed, onde foi redatora por dois anos. É especialista em diversidade e dá consultoria para marcas em temas como raça e gênero. Mas o que ama mesmo é escrever sobre entretenimento e dar opinião sobre tudo, se bobear até sobre a sua vida.

Colunista do UOL

06/07/2020 11h28

Não sei você, mas quando o isolamento social começou, eu já estava COMPLETAMENTE entregue à "Amor de Mãe". A minha rotina girava em torno das aventuras da Lurdes (Regina Casé) e não podia mais viver sem ela.

Se cochilava antes da novela, meu despertador já estava agendado. Quando o capítulo atrasava, já ficava preocupada.

Fiquei sem chão após o último capítulo, exibido antes da pausa causada pela pandemia. Até peguei raiva de "Fina Estampa" por isso.

E o pior de tudo é sentir que, assim como o Brasil, a novela parece ter um futuro incerto. Isso tudo parece ser mesquinho da minha parte? Não sei. Mas já não aguento mais viver toda essa desgraça e ainda por cima não ter "Amor de Mãe" para assistir na minha TV.

Mas eu não vim aqui só reclamar, vim trazer SOLUÇÕES.

Caso Manuela Dias, autora de "Amor de Mãe", esteja precisando de ajuda, aqui está a minha versão do que aconteceu com os principais personagens enquanto a novela está suspensa:

A Lurdes levou o isolamento social e todas as medidas de proteção a sério. Para se manter, montou um esquema de entrega de quentinhas.

A situação na casa da Dona Lurdes complicou. Ela ficou sem trabalhar e, com a pandemia, não queria se arriscar como babá. Magno (Juliano Cazarré) foi demitido e Ryan (Thiago Martins) também ficou de mãos atadas. Como solução, a família se uniu. Lurdes prepara as quentinhas e Magno e Ryan fazem as entregas. O sucesso de Ryan como cantor tem ajudado na divulgação do novo negócio familiar.

lurdes - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Thelma (Adriana Esteves) viveu as primeiras semanas do isolamento com um medo TERRÍVEL de descobrirem que ela é uma assassina.

Porém, quando percebe que tudo ficou bem, volta a tentar destruir o casamento do filho para ficar com o neto. No começo, todo mundo achou que ela estava amuada por medo do vírus ou que estava doente. Inocentes.

A Camila (Jéssica Ellen) com certeza foi a mais afetada pela pandemia, já que está vivendo um INFERNO na casa da sogra.

O casamento com o Danilo (Chay Suede), que já não andava aquelas coisas, está por um fio. Camila precisa aguentar as situações que Thelma cria para gerar um climão na casa. Para piorar, Danilo ficou muito afetado com a situação e com o fechamento do restaurante. Ele mal toma banho, vive desarrumado e sua a barba ficou assustadora. Está irreconhecível, podre e brochante.

Jéssica Ellen - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Já o filho da Camila e do Danilo cresce bem saudável e não sabe o que está acontecendo no mundo. Que sorte a dele.

É a pessoa mais feliz da novela, mesmo sendo neto da Thelma.

Álvaro (Irandhir Santos) debochou do vírus, disse que era só uma gripezinha. Porém, após dar uma festa, descobriu que foi infectado.

A história viraliza, vira notícia e Álvaro queima seu filme novamente. Principalmente porque obrigou seus funcionários a trabalhar em sua casa mesmo durante a pandemia. Uma de suas empregadas, que trabalhou na festa, também foi infectada.

Enquanto isso, a Verena (Maria) aproveitou que o marido estava doente e virou uma estrela do TikTok.

A cantora começou a gravar suas danças, momentos engraçados do filho e fez lives. Isso renovou as esperanças de Érica (Nanda Costa), sua produtora, que achava que tudo ficaria parado enquanto não pudessem fazer shows presenciais.

Preocupada com a situação dos ex-colegas de profissão durante a pandemia, Betina (Isis Valverde) convence os sócios da PWA a doarem dinheiro para o combate ao vírus.

A medida foi aprovada, principalmente para não queimar o filme da empresa depois do escândalo envolvendo Álvaro.

Betina - Betina (Isis Valverde) de Amor de Mãe (Divulgação/TV Globo)  - Betina (Isis Valverde) de Amor de Mãe (Divulgação/TV Globo)
Imagem: Betina (Isis Valverde) de Amor de Mãe (Divulgação/TV Globo)

Sandro (Humberto Carrão) não se aguentou e furou o isolamento para ver Betina. O casal decide morar junto até tudo isso passar.

Eles vivem uma verdadeira lua de mel e proporcionam cenas quentes ao público. Quem já sonhava com os beijos de Humberto Carrão, delira com as cenas do casal.

Matias (Milhem Cortaz) trabalha incansavelmente no hospital e está na linha de frente no enfrentamento à pandemia.

Ele vê o efeito devastador do vírus e perde alguns colegas de profissão. A situação faz com que enxergue sua relação com a família de modo diferente e decida mudar atitudes. Esse é o momento em que Matias se redime na trama e ganha a simpatia do público.

A atuação de Vitória (Taís Araújo) como advogada em casos de racismo vira destaque. Seu trabalho ganha ainda mais força após as manifestações do movimento #BlackLivesMatter nos Estados Unidos.

Além disso, ela virou uma convidada recorrente no programa Encontro com Fátima Bernardes e se torna ainda mais importante na causa.

taís - Reprodução - Reprodução
Vitória (Taís Araújo e Álvaro (Irandhir Santos), de Amor de Mãe (Reprodução)
Imagem: Reprodução

Davi (Vladimir Brichta) se adequou aos novos tempos e aderiu ao ativismo hacker.

Ele esconde isso de Vitória, finge que está apenas fazendo lives no Instagram e produzindo conteúdos sobre meio ambiente.

Com a crise econômica, Penha (Clarissa Pinheiro) lucra ainda mais como agiota. Ela só não percebe que está sendo traída.

Penha, Belizário (Tuca Andrada) e Leila (Arieta Corrêa) estão morando juntos. Mesmo debaixo do nariz de Penha, Leila e Belizário iniciam um romance. Leila começou a pensar em dar um sumiço em Penha e ficar com o negócio, e o Belizário, só para ela.

E o Domênico?

Essa eu deixo para o próximo capítulo desta coluna.