PUBLICIDADE
Topo

Banda punk Aparelho protesta contra governo e chama povo de burro em música

Banda punk Aparelho lança álbum de estreia em abril - Reprodução Facebook
Banda punk Aparelho lança álbum de estreia em abril Imagem: Reprodução Facebook
Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

Colunista do UOL

20/03/2020 16h56

"Que esse povo é burro, isso eu já sabia/Mas nunca imaginei que nesse ponto chegaria/Nunca imaginei que veria esse dia/Que esse grande país então se tornaria/Uma imensa bolsa de colostomia", diz o refrão de "Bolsa de Colostomia", faixa-título do EP da banda Aparelho.

O trabalho completo estará disponível a partir de 3 de abril nas principais plataformas de música.

Com Marcão (voz), Marck (guitarra e backing vocals), Carlão (baixo e backing vocals) e Renato (bateria e backing vocals), a banda gravou o álbum em dezembro de 2019 no Estúdio Aurora, em São Paulo, com produção de Aécio de Souza e Carlos Eduardo de Freitas.

Veja abaixo a letra de "Bolsa de Colostomia":

O brasileiro escolheu a merda mais fedida.
Foi às urnas e elegeu um imbecil fascista.
Agora não adianta chorar lágrimas de bosta.
Levou outro golpe, Zé Povinho idiota.

Que esse povo é burro, isso eu já sabia.
Mas nunca imaginei que nesse ponto chegaria.
Nunca imaginei que veria esse dia.
Que esse grande país então se tornaria.
Uma imensa bolsa de colostomia.

O brasileiro escolheu a pior porcaria.
Foi às urnas e elegeu um chefe de milícia.
Agora não adianta ficar arrependido.
O Brasil tá na merda, tamo tudo fodido.

Adriana de Barros