PUBLICIDADE
Topo

Nem tudo é rap! Edi Rock mostra suas influências em novo disco solo

Edi Rock lança o clipe de "Foda-se" - Divulgação
Edi Rock lança o clipe de "Foda-se" Imagem: Divulgação
Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

09/08/2019 19h21

Rap, funk, samba, R&B, rock, reggae, blues e...sertanejo. Edi Rock lança seu segundo álbum solo hoje (9), "Origens", resgatando gêneros que fizeram parte da sua formação musical.

O cantor e compositor marca presença nas composições das 14 faixas, onde conta com participações de Rael, Xande de Pilares, Lauana Prado, Simone Brown e Haikaiss, além de rappers internacionais.

O álbum está disponível em todas as plataformas de música junto com o videoclipe, gravado em São Paulo, da música "Foda-se", uma parceria com o rapper paulista Neew, uma das grandes apostas da nova geração.

A faixa traz uma mensagem motivacional, de superação de barreiras e recomeços.

Edi Rock é um dos grandes nomes do rap no Brasil e um dos integrantes fundadores do Racionais MCs, que completa 30 anos em 2019.

Em carreira solo, o cantor e compositor paulistano lançou o EP Rapaz Comum II (1999) e o álbum Contra Nós Ninguém Será (2013).

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado inicialmente, além do EP Rapaz Comum II (1999), Edi Rock também lançou o álbum Contra Nós Ninguém Será (2013) em sua carreira solo. O conteúdo foi corrigido.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Entretenimento