Topo

Coluna

Adriana de Barros


Com plateia vip, Vitor Kley faz dueto com Samuel Rosa em música inédita

Samuel Rosa (Skank), Vitor Kley, Pedro (Lagum) e Rick Bonadio - Tony Santos/Midas Music
Samuel Rosa (Skank), Vitor Kley, Pedro (Lagum) e Rick Bonadio Imagem: Tony Santos/Midas Music
Adriana de Barros

Adriana trabalha no UOL desde 2000, passou pelas rádios Mix FM, 97Rock e pela gravadora Sony Music.

26/04/2019 12h51

O cantor Vitor Kley reuniu um pequeno grupo de convidados para apresentar um pocket show na noite de ontem, no Midas Studios, de Rick Bonadio, na zona norte de São Paulo.

Entre os convidados a dupla Anavitória, a cantora Luiza Possi, Samuel Rosa (vocalista do Skank), Mari Nolasco, Marcelo Braga (diretor artístico da Rádio Mix de São Paulo), ex-Neymar Carol Dantas com o noivo e Deco (vocalista da banda Hotelo).

Com um cenário intimista montado no Estúdio 1, Vitor Kley iniciou a apresentação de oito músicas, entre sucessos e inéditas, pouco antes das 21h.

A cada execução, o cantor comentava o processo de composição de cada faixa. "Quero explicar todas as músicas porque nunca fiz isso", disse o cantor levando os convidados às gargalhadas. Vitor elegeu "Como Se Fosse Ontem" como sua favorita do álbum "Adrenalizou" (2018)

"Essa música tem um significado especial pra mim porque na ocasião em que foi feita tive um dia ruim precedido de um bom", explicou.

O encontro de Vitor e Samuel Rosa no final da apresentação foi marcado pelo discurso de admiração mútua. Vitor disse que o Skank foi grande inspiração para sua carreira.

Já Samuel contou que conheceu o Vitor pela música "Sol", que em suas palavras, "arrebatou o Brasil".

Tem um sabor especial quando você ouve a música, que é a número 1 do país, e gosta. É bom saber que pessoas de várias idades e segmentos estão cantando e você também gosta", diz Samuel Rosa

Na sequência veio o dueto na inédita "A Tal Canção para a Lua", que a pedido de Rick Bonadio, foi refeita.

O vídeo abaixo mostra Vitor cumprimentando os convidados após o show

Veja abaixo o setlist e os comentários de Vitor para cada uma delas:

1- Morena
"Quando começaram a rir do meu cabelo eu logo pensei em fazer essa música"

2- Adrenalizou
"Fiz essa música com meu amigo Digão. A gente nunca conseguia acabá-la. Queríamos usar vários substantivos nela"

3- Criança Gigante (inédita)
"Essa música é nova, mas com a letra bem fácil. Ela surgiu depois que fui cantar numa festa que achei que fosse um aniversário de 15 anos, mas a menina estava fazendo 12. E ela tinha milhões de seguidores na redes sociais e veio a ideia da música"

4- Como se fosse ontem
"Essa é minha música favorita do 'Adrenalizou'. Fiz depois num dia bom que antecedeu um dia ruim"

5- Marambaia
"Todo mundo me pergunta o que é Marambaia. Fiz uma homenagem ao lugar onde aprendi surfar"

6- Sol
"Essa música poucas pessoas conhecem. (rs) Sei tocar pouco, mas vou me arriscar na gaita. Se eu erra não se assustem"

7- Detesto Despedidas com Pedro da banda Lagum

8- A Tal Canção para a Lua com Samuel Rosa (inédita)