PUBLICIDADE
Topo

Primeiro bloco de rap do Brasil faz pré-carnaval com Rio Santana e RZO

BeatLoko, o primeiro bloco de rap do Brasil, no Carnaval de 2017 - Facebook/Reprodução
BeatLoko, o primeiro bloco de rap do Brasil, no Carnaval de 2017 Imagem: Facebook/Reprodução
Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

12/12/2018 19h48

Os ensaios dos blocos de Carnaval estão bombando. Nesta quinta (13), o BeatLoko, primeiro bloco de rap do Brasil, faz um esquenta com a presença do rapper brasileiro radicado nos Estados Unidos, Rio Santana. Dexter, RZO, Correria e Yas Werneck também participam do rolê sob o comando de DJ Cia.

A festa acontece no Espaço 555, no centro de São Paulo, a partir das 21h.

Além disso, Thiago MC, Leozin, Krawk, DJ Zago, DJ Tom, Zuza, Muzzike, Alpha Zulu, Smoke e Flip prometem uma noite com muito rap, hip hop e black music.

Rio Santana, atração especial do BeatLoko, mostrará um repertório com sucessos como "I Don't Even Speak Spanish LOL", "Arms Around You" e "Løst", seu último trabalho lançado em homenagem ao amigo e parceiro na música XXXTentacion, morto em junho.

Na última quinta (6), Rio Santana participou da festa de lançamento do álbum póstumo de XXXTentacion, "Skins". A pedido da mãe de X, o brasileiro participou do line-up da festa, que também contou com as performances dos rappers Lil Wayne e Kanye West.

No próximo dia 21, ele lança a faixa "Way Up", com produção do DJ Cia, nas principais plataformas de música.

Serviço
Esquenta BeatLoko - DJ Cia 
Quando: Quinta-feira - 13 de dezembro, às 21h
Onde: Espaço 555, Centro, São Paulo
Inf: www.ticketbrasil.com.br

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL