PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Adriana de Barros


Pedro Luís homenageia Luiz Melodia em novo CD; ouça "Juventude Transviada"

Pedro Luís lança o single e clipe de "Juventude Transviada" - Nana Moraes
Pedro Luís lança o single e clipe de "Juventude Transviada" Imagem: Nana Moraes
Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

30/11/2018 16h03

O cantor e compositor Pedro Luís está prestes a lançar "Vale Quanto Pesa - Pérolas de Luiz Melodia" revisitando a obra artista, morto em agosto de 2017. O disco completo estará disponível nas plataformas de música a partir do dia 14 de dezembro, pela Deck, e o show de lançamento está marcado para o dia 17, no Theatro Net Rio.

Para mostrar o que vem por aí, o cantor carioca mostra, juntamente com um clipe, a primeira faixa, "Juventude Transviada". No clássico do "Pérola Negra", Pedro canta acompanhado apenas por seu violão de aço e pelo violino de Felipe Ventura.

A ideia do projeto começou com show criado por Pedro Luís revisitando a obra do cantor e compositor carioca. A estreia foi no Rio, seguindo para algumas cidades do Brasil. Em novembro, assinou com a gravadora Deck, entrou no Estúdio Tambor e registrou as canções, com produção de Rafael Ramos. Os músicos foram os mesmos que o acompanharam na turnê: Élcio Cáfaro (bateria), Miguel Dias (baixo) e Pedro Fonseca (teclados).

As sessões no estúdio foram registradas por uma equipe de filmagem, que deu origem ao vídeo, onde podem ser vistos alguns takes que compõem a faixa, além de bastidores das gravações.
 
O disco reúne oito faixas de Melodia, além de sucessos como "Fadas", "Congênito" e "Magrelinha", entre outras. O CD chega às lojas em janeiro, mesmo mês em que será lançado o compacto duplo.

Adriana de Barros