Topo

Coluna

Adriana de Barros

Emicida rima pela 1ª vez em espanhol em "Hacia El Amor" com o duo Ibeyi

Fióti
Emicida e Ibeyi lançam "Hacia El Amor" Imagem: Fióti
Adriana de Barros

Adriana trabalha no UOL desde 2000, passou pelas rádios Mix FM, 97Rock e pela gravadora Sony Music.

08/06/2018 07h00

Que som pode sair quando um rapper da zona norte de São Paulo cruza o caminho de duas irmãs franco-cubanas?

A música "Hacia El Amor" é o resultado desse encontro que aconteceu entre Emicida e o duo Ibeyiformado por Lisa-Kaindé e Naomi  Díaz, de 23 anos. A parceria rolou enquanto elas excursionavam no Brasil divulgando o álbum "Ash".

O duo Ibeyi, que em ioruba significa gêmeas, se juntou a Emicida nos dias 30 e 31 de janeiro, para gravar nos estúdios do Lab Fantasma, em São Paulo, a faixa cantada em inglês e português.

Nela, Emicida também solta versos em espanhol, como "Invisible a los problemas, mi poemas son el puente. Libre, cuerpo, mente" para exaltar o amor e igualdade.

A letra foi co-escrita pelo rapper, Ibeyi, pelo produtor Márcio Arantes e por Maya Dagnino, mãe das meninas. A partir desta sexta (8), a faixa estará disponível em todas as plataformas digitais.

O videoclipe, que a coluna mostra em primeira mão, foi rodado em Paris na casa da dupla. Dirigido por Christian Beuchet e produzido por Zineb (We can do Stuff), mostra os artistas num galpão coberto de pichações e repleto de pessoas, dançando e celebrando o amor.

As Ibeyi foram apresentadas ao trabalho de Emicida por um amigo brasileiro. "Às vezes você conhece um artista e não sabe como ou por quê, mas imediatamente se torna parte de sua família criativa", explica Lisa-Kaindé.

Já Naomi, que é conhecida por incorporar elementos e batidas do hip hop na sua música, vai além: "Nós amamos o hip hop, então eu sempre quis trabalhar com rappers e quando ouvimos a música de Emicida, sabíamos que ele seria um grande colaborador do Ibeyi”, conta.

Filhas de Miguel "Anga" Díaz (1961-2006), ex-membro do lendário grupo cubano Buena Vista Social Club, a dupla tem dois álbuns lançados com sua mistura de música eletrônica contemporânea com pop, hip hop e ritmos afro-latinos, influenciadas pelos sons tradicionais do Yorùbá.

Em 2016, fizeram uma aparição no vídeo de Beyoncé para Lemonade.