PUBLICIDADE
Topo

Cólera lança primeiro álbum de inéditas após a morte do líder Redson

Cólera lança "Acorde! Acorde! Acorde!", álbum que começou a ser produzido com o ex-vocalista Redson - Vitor Bossa
Cólera lança "Acorde! Acorde! Acorde!", álbum que começou a ser produzido com o ex-vocalista Redson Imagem: Vitor Bossa
Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

06/04/2018 07h29

"Acorde! Acorde! Acorde!", primeiro disco do Cólera sem o vocalista Redson Pozzi, morto há sete anos, acaba de chegar às lojas. A epopeia dos pioneiros do punk brasileiro teve início em 2004, quando a banda começou a pré-produção do álbum. No ano seguinte, os integrantes deram continuidade ao projeto trabalhando com a data de 2010 para o lançamento. Mas com a perda do ex-líder, os planos tomaram outro rumo.

A morte inesperada de Redson em setembro de 2011, devido à uma hemorragia interna causada por uma úlcera no estômago, paralisou o projeto. Em novembro daquele ano, um tributo com a participação de vários amigos, incluindo o então roadie Wendell, escolheu de maneira natural o substituto de Redson.

Com o bom desempenho na apresentação, ele que foi aluno de canto de Redson e tem timbre de voz semelhante ao dele assumiu em definitivo os vocais. "A partir deste show e com a entrada do Flávio [guitarra], em 2014, decidimos dar continuidade a este projeto", explica o baixista Val, um dos primeiros integrantes da banda, fundada em 1979.

Redson Pozzi, ícone do punk do Brasil - Claudia Guimarães/Folha Imagem - Claudia Guimarães/Folha Imagem
Redson Pozzi, ícone do punk do Brasil
Imagem: Claudia Guimarães/Folha Imagem
O desafio maior do Cólera em "Acorde! Acorde! Acorde!", lançado pelo selo EAEO, foi se aproximar ao máximo do proposto por Redson. A dificuldade apareceu na hora de concluir o conceito de "Ópera Caos", ideia desenvolvida pelo ex-vocalista. "A gente não tinha definição do que era isso ["Ópera Caos"], porque veio da cabeça do Redson. Tivemos que recriar a obra", conta ele.

Segundo o baixista, a finalização é mérito de Wendell e do guitarrista Fábio.

Cinco das 16 faixas do álbum fazem parte da ópera-punk no formato de atos: "Mr Gamble", "Mezza Mezza", "Fá Dó Lá", "Caos" e "Hino". Há também três versões demo como faixas-bônus na voz de Redson, gravadas em 2009.

Com quase quatro décadas de história, o Cólera lança "Acorde! Acorde! Acorde!" em show no próximo dia 13 de abril no Sesc Jundiaí.

Serviço
Cólera no Sesc Jundiaí
Quando: 13 de abril - sexta
Onde: Sesc Jundiaí
Inf: https://www.sescsp.org.br

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL