PUBLICIDADE
Topo

Tiê mostra capa do novo CD, "Gaya", que traz participação de Luan Santana

Capa de "Gaya", quarto CD da cantora Tiê - Divulgação
Capa de "Gaya", quarto CD da cantora Tiê Imagem: Divulgação
Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

23/10/2017 17h26

Chega na próxima sexta (27) em todas plataformas digitais o novo álbum da cantora Tiê, "Gaya".

O quarto álbum de estúdio, com produção de Adriano Cintra e André Whoong, reúne 11 faixas inéditas da cantora e compositora e traz as participações de Luan Santana, Ximena, As Baianas e a Cozinha Mineira.

Nesta segunda, Tiê disponibilizou a capa, com foto de Carol Quintanilha e arte Rita Wainer. De acordo com a cantora, a artista plástica transforma em desenho o que ela transforma em música.

Tiê lança disco na sexta - Jorge Bispo - Jorge Bispo
Cantora e compositora Tiê lança disco na sexta (27)
Imagem: Jorge Bispo
"Disco é que nem filho, e esse é uma menina chamada Gaya. Mais dançante, pop, com baterias eletrônicas, arranjos de cordas e sinthes. Mantendo as letras autobiográficas, mas tratando de outros temas, como culpa, julgamento, responsabilidade, idade e feminino. Estou feliz demais com esse nascimento", diz a cantora, sobre o lançamento.

"Mexeu Comigo", o primeiro single, foi lançado em maio. O segundo, "Amuleto", também já divulgado, é uma composição de Bruno Caliman, sobre memórias afetivas das relações que se transformam em verdadeiros amuletos.

A faixa conta com a participação do músico Jesse Harris, compositor conhecido internacionalmente, que colaborou nos arranjos musicais de violão. Essa música ganhou videoclipe assinado pelo fotógrafo Jorge Bispo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL