PUBLICIDADE
Topo

Tico Santa Cruz diz que Detonautas é "a resistência" e pede união no rock

Detonautas Roque Clube completa 20 anos de carreira - Divulgação
Detonautas Roque Clube completa 20 anos de carreira Imagem: Divulgação
Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

29/09/2017 12h38

Nem parece que se passaram 20 anos desde que Tico Santa Cruz entrou na sala de bate-papo do UOL e conheceu seus companheiros de banda. Para celebrar as duas décadas de existência, o Detonautas Roque Clube está lançando o álbum, "VI", que chega às plataformas de streaming no próximo dia 27 de outubro.

Tico frisa, no entanto, que tudo só ainda se mantém de pé graças a resistência da banda e ao público fiel, que frequenta shows e as redes sociais da banda, já que o cenário atual não é dos melhores para o rock nacional.

"Detonautas é uma banda de resistência. Vemos outras bandas parando, mas conseguimos manter nosso foco e produzir material novo", orgulha-se o vocalista.

O cantor lamenta o pouco espaço dedicado ao gênero e sonha com um formato de shows que abra espaço para novas bandas. "Falta um pouco de união ao rock. A gente gostaria que tivesse mais espaço para atingir um público maior. As bandas precisam entender que é preciso se juntar e abrir espaço para os que estão começando", sugere.

Capa de "VI", novo álbum do Detonautas - Divulgação - Divulgação
Capa de "VI", novo álbum do Detonautas
Imagem: Divulgação
Novo álbum

Das dez faixas que estão no disco, "Dias Assim", composição inédita de Tico em parceria com Leoni, e "Nossos Segredos", já foram lançadas. Na semana que vem, sai um pacote com mais duas músicas: "Canção do Amigo" e "Nada Vai Me Derrubar".

As novidades de "VI" ficam com a regravação de "Na Sombra de Uma Árvore", do cantor Hyldon, na versão de orquestra, e "Aqui na Terra", canção resgatada em uma demo de 1997. A música é velha conhecida dos fãs que acompanham os shows do Detonautas, mas é a primeira vez que ganha versão de estúdio.

Com uma agenda de cerca de dez apresentações por mês, a banda já consegue ter a percepção das três canções do novo álbum que incluíram no setlist. Para deleite dos integrantes, o público tem reagido bem às novas músicas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL