Entretenimento

Ela de Dustin, ele de Eleven, de "Stranger Things". Ele de Mulher-Maravilha, ela de Cat Noir. No mundo dos cosplayers, há quem goste de incorporar personagens do gênero oposto. E a prática tem um nome: crossplay. O UOL conversou com visitantes da CCXP (Comic Con Experience) que levam isso a sério. Confira!

Comunicar erro
Topo