PUBLICIDADE
Topo

Em abertura de DVD, DJ Rennan da Penha faz manifesto sobre a vida na favela

Do UOL, em São Paulo

10/07/2020 12h00

Não bastasse uma pandemia, os últimos tempos foram bem agitados na vida de Rennan da Penha. O DJ carioca, preso em segunda instância em abril do ano passado por suposta associação ao tráfico de drogas, ganhou o prêmio Multishow de canção do ano enquanto ainda estava na prisão. A faixa vencedora? "Hoje Eu Vou Parar na Gaiola", hino do baile funk mais popular do Rio, criado por ele.

Após ser solto, em novembro, por decisão da Justiça, assinou contrato com uma grande gravadora e começou 2020 gravando seu primeiro DVD numa casa de shows da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, lotadíssima. Agora ele se prepara para lançar o registro, cuja abertura você confere em primeira mão aqui no UOL.

A frase 'a favela venceu' é uma forma de expressar todas as barreiras que colocam no nosso caminho, para a gente que vem de comunidade, de áreas periféricas. Todos os obstáculos a gente vem pulando, subindo todos os degraus até chegar aqui em cima, e hoje eu me sinto vitorioso em poder ser voz de muitas pessoas da comunidade

No vídeo, de quase 4 minutos, Rennan faz uma ode à vida na favela com depoimentos de moradores:

Acharam que eu estava derrotado, quem achou estava errado. Eu voltei, tô aqui, se liga só, escuta aí.

O DVD "Segue o Baile" (nome apropriado, não?) será lançado na próxima sexta-feira (17). Com mais de 3 horas de duração, o registro traz participações de MC Livinho, Rebecca, Luísa Sonza, Kekel, Turma do Pagode, Parangolé, POCAH, Thiaguinho MT, JS o Mão de Ouro, entre outros. O UOL conferiu a gravação, que teve pedido de casamento para a então namorada de Rennan e tudo, e conta aqui tudo o que rolou.

Vídeos